quarta-feira, 14 de maio de 2014

EXERCÍCIO JAWTEX 2014 - ALEMANHA (M1583 - 162PM/2014)


Eurofigher EF-2000 Typhoon da Luftwaffe        Foto: Luftwaffe/Ingo Bicker
Linha de F-16 de várias nacionalidades em Jagel      Luftwaffe/Falk Bärwald
 Caudas de F-16 em Jagel         Foto: Luftwaffe/Falk Bärwald
Chegada dum JAS39 Gripen húngaro a Jagel     Luftwaffe/Falk Bärwald
F-16AM da Esquadra 313 da RNLAF em Jagel      Luftwaffe/Falk Bärwald

De 12 a 23 de maio, a Força Aérea Alemã (Luftwaffe) conduz o exercício JAWTEX (Joint Air Warfare Tactical Exercise) 2014. 
Este exercício multinacional de grande amplitude realiza-se por todo norte e nordeste da Alemanha e mobiliza quase militares de 11 países da NATO e países associados, que treinam todos os aspetos de operações conjuntas, além de coordenação entre meios aéreos, marítimos e terrestres.
Os principais focos do treino estão centrados na integração ar-superfície, operações de mobilidade aérea e apoio de fogo conjunto.
Os sistemas de armas mais avançados - Typhoons alemães e italianos, Gripens húngaros, F-18 finlandeses, além de F-16 turcos e dos Países Baixos - realizarão operações aéreas durante o JAWTEX 2014. O exercício é ainda apoiado por aviões de carga C-160 Transal alemães e C-130 Hercules dos Países Baixos. Helicópteros alemães CH-53, NH90 e Tiger, Blackhawk austríacos, além de Cougar checos e eslovenos, completam os "sabores" disponíveis neste enorme exercício multinacional.

EC665 Tiger do exército alemão       Foto: Luftwaffe/Stefan Gygas
2 Blackhawk austríacos e 1 Cougar  esloveno em Holzdorf     Foto: Luftwaffe/Klaus Sattler

O JAWTEX envolve ainda sistemas de defesa aérea como o PATRIOT alemão e o SAM P francês, além do centro de operações de defesa aérea em Altengrabow. Em Bergen, forças aéreas, paraquedistas, aviação do Exército e artilharia, coordenam as operações de integração ar-terra.

 
Sistema de defesa anti-aérea Patriot     Foto: Luftwaffe/Niels Juhlke

A 15 e maio a zona de treino de Klietz será palco de uma operação de assalto aéreo em larga escala, envolvendo 500 militares da Brigada Aerotransportada 31 alemã e da Brigada Móvel Aérea dos Países Baixos. Forças marítimas incluem duas fragatas, um navio de suporte de combate, bem como um navio auxiliar no Mar do Norte, para apoiar o exercício. Aeronaves de combate e transporte irão operar a partir das bases aéreas de Jagel, Wittmund, Hohn, Laage, Holzdorf e Fasberg, além do avião reabastecedor A310 a partir de Colónia. Uma plataforma AWACS E-3 Sentry da NATO operará a partir de Oerland na Noruega.

A310 da Luftwaffe reabastece Tornado ladeado por um Typhoon    Foto: Luftwaffe/Markus Schulze

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>