terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

SUCEDEM-SE AS OPERAÇÕES DE COMBATE AO NARCOTRÁFICO [M2375 - 07/2023]

Imagem de uma das lanchas, captada pelo sensor da aeronave de patrulhamento da Força Aérea   Foto: FAP
Na sequência de uma monitorização aérea efetuada por uma aeronave da Força Aérea na madrugada de hoje 7 de Fevereiro de 2023, em águas internacionais ao largo da costa Sul de Portugal Continental, foram localizadas sete embarcações de alta velocidade suspeitas de transporte ilícito de estupefacientes por via marítima. Foi então desencadeada uma operação conjunta, articulada entre o Comando Regional da Policia Marítima do Sul e a Marinha, com ativação de embarcações das mesmas entidades.

Segundo revelou a Marinha, deu-se imediatamente início a uma perseguição e tentativa de abordagem às embarcações suspeitas, com o apoio do meio aéreo, tendo sido possível intercetar duas embarcações de alta velocidade, com dezenas de bidões de combustível a bordo, que foram prontamente apreendidas. Após a abordagem, foram detidos três homens, com idades compreendidas entre os 40 e os 60 anos, por fortes suspeitas da prática do crime de tráfico ilícito de estupefacientes.

Os fardos de haxixe recolhidos do mar pela Marinha      Foto: Marinha Portuguesa

No decorrer da mesma operação foram recolhidos da água nove fardos de estupefacientes, com um total de cerca de 315kg de haxixe, que serão posteriormente entregues à Polícia Judiciária. As embarcações apreendidas foram conduzidas para terra, com o apoio de uma lancha de fiscalização rápida da Marinha e de uma embarcação da Polícia Marítima.

Desde 27 de janeiro este tipo de ações conjuntas permitiram apreender 9 embarcações de alta velocidade, cerca de 470 fardos correspondentes a mais de de 16 toneladas de haxixe e a detenção de 19 pessoas.

Não foi revelado o tipo de aeronave da Força Aérea envolvida nas operações.




segunda-feira, 6 de fevereiro de 2023

OFICIALIZADA A BASE AÉREA Nº8 EM OVAR [M2374 - 06/2023]

Aeródromo de Manobra nº1 em Maceda-Ovar que será renomeado Base Aérea nº8

Em nota à comunicação social na tarde do dia de hoje 6 de Fevereiro de 2023, o Ministério da Defesa deu conta da conclusão da reforma da estrutura superior das Força Armadas. Aprovado no Conselho de Ministros do passado dia 2 de Fevereiro, o Decreto Regulamentar conclui a reforma da estrutura superior das Forças Armadas iniciada em 2021, com a revisão da Lei de Defesa Nacional e com a aprovação da nova Lei Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas (LOBOFA).

O diploma, aprova a estrutura orgânica do EMGFA sendo igualmente alteradas as estruturas orgânicas da Marinha, do Exército e da Força Aérea, por forma a refletir o novo enquadramento legislativo e a garantir a necessária coordenação de processos e a coerência estrutural.

Relativamente à Força Aérea, a referida nota, especifica a "reestruturação dos órgãos centrais de administração e direção,  sendo definidas as competências do Gabinete Coordenador de Missão no âmbito dos Incêndios Rurais. Procede-se também à reestruturação do Comando Aéreo por forma a refletir uma maior coerência estrutural, desde logo, com a criação da Base Aérea n.º 8, em Ovar, por transformação do Aeródromo de Manobra n.º 1".

Refira-se a título de curiosidade que a Base Aérea nº8 esteve para ser em Alverca, ainda nos idos anos 1960, não tendo contudo chegado a assumir essa designação, ficando um "salto" na numeração das bases portuguesas de então, da BA7 (mais tarde também AM2, em S. Jacinto) para BA9 (Luanda). 

Com a promoção do AM1 ao estatuto de Base Aérea, que deverá significar a atribuição de esquadra(s) de voo permanente(s), a BA8 toma finalmente corpo.




sábado, 28 de janeiro de 2023

UM CORSAIR II PORTUGUÊS NA POLÓNIA - [M2373 - 05/2023]

Numa visita recente à Polónia, o nosso colaborador Pedro "Pugachev" Monteiro partilhou com o Pássaro de Ferro algumas imagens sempre interessantes e originais. Não é todos os dias que vemos um velho conhecido da Força Aérea Portuguesa coberto de neve, em terras tão longínquas.


As imagens seguintes, foram obtidas igualmente pelo mesmo autor, mas em 2019, no final do verão, nas quais podemos ver o estado geral do avião. Notar a ausência das estações 1 e 8 e os depósitos (drop) nos dois esquemas utilizados operacionalmente. Este avião não chegou a ser rematriculado, uma vez que foi retirado do serviço operacional, antes dessa alteração, ocorrida em 1993/94.


O LTV A-7P Corsair II s/n 5502 tem a sua história resumida neste dossier, que pode e deve ser consultado aqui.

O Pedro "Pugachev" Monteiro Oliveira é um entusiasta pela aviação em geral, mas com particular ênfase na militar. Tem um canal no Youtube, (clicar nesta ligação), com excelentes imagens alusivas à aviação militar, captadas em diversos eventos e geografias e que convidamos vivamente a subscrever!

O Pássaro de Ferro agradece-lhe, evidentemente, a cedência destas imagens.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

FAP INTERCEPTOU AERONAVE SUSPEITA DE TRÁFICO DE DROGA [M2372 - 04/2023]

Foto da aeronave suspeita captada a partir do P-3C da FAP

A Força Aérea Portuguesa emitiu uma nota de imprensa acerca da notícia que vem circulando na comunicação social sobre um avião ligeiro que terá sido visto a largar "fardos de haxixe" no dia de ontem, 24 de Janeiro de 2023, perto da A26 em Ferreira do Alentejo. 

Segundo a referida nota, "a Força Aérea detetou através do sistema de defesa aérea e de policiamento aéreo, uma aeronave em aproximação ao espaço aéreo português, sem comunicações e não identificada. Detetada a sul do Algarve e com rumo a norte, a Força Aérea de imediato ativou uma parelha de F-16M. Em simultâneo, e pelo facto da aeronave não identificada voar a baixa velocidade e a baixa altitude, foi também empenhado um avião P-3C CUP+

F-16M de alerta da FAP com mísseis reais         Foto de Arquivo

 Rota do P-3C n/c 14810 mobilizado para a operação de detecção e acompanhamento da aeronave suspeita visualizada no radar virtual ADSB-Exchange

"Através dos sistemas eletrónicos que equipam o avião P-3C CUP+ da Força Aérea, foi possível efetuar o seguimento e a monitorização do voo da aeronave suspeita, o que permitiu informar, em tempo real, a sua localização às autoridades competentes em terra. A aeronave suspeita acabaria por aterrar num local próximo de Ferreira do Alentejo." pode ainda ler-se na mesma nota.

A FAP divulgou igualmente imagens vídeo da intercepção à aeronave suspeita, até à aterragem da mesma, realizadas pelo P-3C da Esquadra 601 mobilizado: 

Imagens: Esq. 601/FAP

Segundo relata o Jornal de Notícias, a aguardar a entrega da droga em terra estavam traficantes numa viatura, que perseguidos pela GNR, saíram da A26 e entraram na EN259, em direção a Grândola, no nó da A2-Grândola Sul, seguindo depois pelo IC1. Acabaram depois por encaminhar-se para Azinheira dos Barros, onde entraram por caminhos de terra batida e abandonaram viatura e droga, fugindo a pé.

Até ao momento os suspeitos ainda não foram detidos.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2023

DELEGAÇÃO CHECA EM BEJA PELO C-390 [M2371 - 03/2023]

Notar a bandeira da Chéquia junto à porta de um dos protótipos KC-390, relativa à participação do país no projecto liderado pela Embraer

A Força Aérea Portuguesa noticiou a visita de uma delegação do Ministério da Defesa da República Checa, com vista a conhecer o projecto português do avião KC-390.

Segundo a mesma notícia, publicada no sítio de internet do EMFA, a visita decorreu na Base Aérea N.º 11, em Beja, no passado dia 17 de Janeiro, e contemplou a partilha de experiências relativas à implementação do novo sistema de armas KC-390, bem como a visita às instalações recentemente inauguradas naquela Unidade e que vão servir a nova aeronave. 

Delegação checa com pessoal da FAP na BA11       Foto: João Espinho/FAP

De notar que a República Checa é um dos países participantes na construção do C-390, produzindo peças para o aparelho na Aero Vodochody, nomeadamente a secção traseira da fuselagem e rampa de carga. O país demonstrou também intenção de comprar dois aviões, através da assinatura de uma Letter of Intent em 2010, mas não concretizou por enquanto a encomenda.


O Estado Português adquiriu cinco aeronaves KC-390 Millennium e um simulador à Embraer, através de contrato assinado a 22 de Agosto de 2019, tendo a primeira aeronave portuguesa sido apresentada também em Beja, a 19 de Outubro de 2022. A FAP diz esperar receber o primeiro avião até ao final do corrente ano.

Além do Brasil (19 unidades) e Portugal (5 unidades), Hungria (2 unidades) e Países Baixos (5 unidades) são as encomendas do C-390 presentemente asseguradas.



domingo, 8 de janeiro de 2023

2022 EM DOZE IMAGENS [M2370 - 02/2023]

Ainda o ano de 2022 mal tinha começado e já a Real Força Aérea Norueguesa realizava a última missão operacional da sua frota de F-16, tornando-se assim o primeiro país a retirar de serviço o venerável "Viper" (se excetuarmos o caso italiano que alugou a frota por cerca de 10 anos). O Pássaro de Ferro esteve na base aérea de Bodø e registou esse momento para a história, a 6 de Janeiro.

No final de Janeiro, a Força Aérea Portuguesa destacou quatro F-16M para o policiamento aéreo da Islândia, que realizaram escala em Lossiemouth, na Escócia, onde os captámos antes da partida para Keflavique.

Já em Maio, realizou-se o NATO Tiger Meet 2022 em Araxos, Grécia, que sucedeu o NTM21 em Portugal. E se o exercício em Beja, no ano anterior, ainda sofreu bastantes ausências devido à pandemia de Covid, o NTM22 sofreria igualmente, mas com os efeitos colaterais da guerra na Ucrânia, iniciada em Fevereiro, e que colocou muitas condicionantes operacionais às esquadras da NATO e parceiros. A Esquadra 3/30 Lorraine, do Armée de l'Air venceria o prémio para a melhor pintura, numa evocação ao filme "300" num dos seus Rafale F3, e num piscar de olho à história dos anfitriões.

Com o aliviar da pandemia de Covid-19, regressaram os eventos públicos e os dias de Base Aberta da Força Aérea Portuguesa. A primeira realizou-se na Base Aérea nº6 (Montijo) no dia 5 de Junho, e por entre outras demonstrações, contou com um Lynx Mk.95A da Esquadrilha de Helicópteros da Marinha, também de regresso, após trabalhos de modernização.

Junho prosseguiu com a realização do exercício internacional ETAP-T22, de treino de aviões de transporte, a partir de Beja, mas com acção em vários aeródromos do país, incluindo Mogadouro, onde captámos este C-130J-30 Super Hercules da Royal Air Force, em aproximação à pista.

Ainda em Junho, mas na Turquia, realizámos a cobertura do exercício Anatolian Eagle em Konya, no qual marcaram presença, entre vários outras frotas mais ou menos "exóticas", dois Su-25 do Azerbaijão, aqui vistos à descolagem.

A 3 de Julho regressaram os grandes festivais aéreos a Portugal, com a comemoração do 70º aniversário da Força Aérea na Base Aérea nº11 em Beja. Entre outras exibições de grande valor, nomeadamente do F-16 belga e da patrulha Frecce Tricolor, esteve o vistoso Typhoon FGR4 da Royal Air Force, que "semeou" nuvens pelos céus alentejanos.

No dia 8 de Setembro foi apresentada em Sintra uma magnífica réplica de um SPAD 7C, caça francês da I Guerra Mundial, em que voaram aviadores do Corpo Expedicionário Português, estando a réplica do Museu do Ar pintada a bombordo com o número e insígnia do piloto Lello Portela e de Sousa Maya a estibordo.

Mais vistoso ainda que o Typhoon britânico, só o F-16 dinamarquês, que abrilhantou o dia de base aberta na BA5, em Monte Real, a 18 de Setembro, realizando uma exibição "de encher o olho", na célula decorada com a pintura comemorativa dos 800 anos da bandeira daquele país escandinavo.

Em Outubro deslocámo-nos até Mont-de-Marsan no sudoeste de França, para realizar a cobertura do exercício VOLFA 22, no qual participaram quatro F-16M das Esquadras 201 e 301 da FAP. Um dos Rafale da "casa" envergava ainda a pintura comemorativa dos 80 anos da Esquadra de Caça Normandie-Niémen, do Armée de l'Air, que tinha aliás já estado presente no exercício Real Thaw 2022 em Beja, em Junho e Julho pretéritos.

Aos 19 dias do mesmo mês de Outubro, de volta a Beja, foi a apresentação do primeiro avião KC-390 Millennium destinado à Força Aérea Portuguesa, naquela que será a sua futura base. No final da mesma semana, o avião regressaria contudo ao Brasil, às instalações da Embraer, para prosseguir com o programa de testes e certificações. O regresso a Portugal, acontecerá durante o ano de 2023, para completar certificações e entrega oficial à FAP.

O ano terminou com a passagem de uma parelha de F-16 da FAP pelas capitais de distrito de Portugal continental a 31 de Dezembro, tendo o Pássaro de Ferro captado o momento do sobrevoo à torre da Universidade de Coimbra.
 



sexta-feira, 6 de janeiro de 2023

FORÇA AÉREA PORTUGUESA - 2022 EM NÚMEROS [M2369 - 01/2023]

Aeronaves C-130 e F-16 da FAP

A Força Aérea Portuguesa divulgou o resumo estatístico da actividade operacional de 2022, destacando aquele que foi o maior registo de pessoas auxiliadas dos últimos anos, entre transportes médicos aéreos, resgates e missões de busca e salvamento, num total de 912.

Segundo a nota de imprensa distribuída ontem 5 de Janeiro, em missões de transportes médicos aéreos foram transportados de urgência 816 doentes aos quais se somam 49 pessoas resgatadas a bordo de embarcações em alto mar e as 47 pessoas salvas em missões de busca e salvamento, em terra e no mar.

A assinalar ainda 15 missões de transporte de órgãos para transplante realizados, 631 horas de voo em missões de soberania do espaço aéreo nacional em vigilância do espaço aéreo, 208 missões de vigilância marítima em território nacional e internacional e 399 missões de reconhecimento e avaliação integradas no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) que resultaram em 1641 horas de voo.

Infografia: FAP


sexta-feira, 30 de dezembro de 2022

FORÇA AÉREA ENCERRA O ANO A SOBREVOAR CAPITAIS DE DISTRITO [M2368 - 84/2022]


Passagem de F-16 pelo aeroporto Cristiano Ronaldo no Funchal    Fotos: Alexandre Maio

A Força Aérea irá encerrar o ano de 2022 a sobrevoar as capitais de distrito de Portugal Continental, aproveitando um voo de manutenção de qualificações de voo dos seus militares, para desejar a todos os Portugueses "boas festas e uma excelente descolagem para 2023", convidando ainda o público a partilhar as imagens conseguidas.

As passagens serão realizadas por uma parelha de caças F-16M no sábado, 31 de Dezembro, com o seguinte horário:

- Coimbra – 11H05

- Aveiro – 11H10

- Porto – 11H17

- Viana do Castelo – 11H22

- Braga – 11H25

- Bragança – 11H40

- Vila Real – 11H50

- Viseu – 11H56

- Guarda – 12H01

- Castelo Branco – 12H09

- Portalegre – 12H15

- Évora – 12H25

- Beja – 12H30

- Faro – 12H41

- Sines – 12H50

- Setúbal – 13H06

- Lisboa – 13H15

- Santarém – 13H21

- Leiria – 13H28


A Força Aérea ressalva contudo, que as horas indicadas são uma previsão, podendo sofrer alterações dependentes de eventuais ajustes de rota, estando também a realização dos voos dependente das condições meteorológicas.

Idêntica iniciativa foi já realizada no dia 29 de Dezembro, no arquipélago da Madeira, da qual mostramos as imagens então captadas no aeroporto do Funchal (fotos) e Porto Santo (vídeo abaixo).


O Pássaro de Ferro aproveita a ocasião para agradecer aos seus leitores a preferência e desejar um Feliz Ano de 2023. 


Agradecimentos: Paulo Brito e Alexandre Maio


segunda-feira, 26 de dezembro de 2022

F-16 ROMENOS PELA PRIMEIRA VEZ NO POLICIAMENTO DO BÁLTICO [M2367 - 83/2022]

F-16M da Fortele Aeriene Romane

No período de Abril-Julho de 2023, a Força Aérea Romena irá participar no Policiamento Aéreo do Báltico aumentado, a partir da Lituânia, mais concretamente da Base Aérea de Siauliai. 

O destacamento romeno será composto quatro caças F-16M Fighting Falcon e um contingente de aproximadamente 100 militares, que estão atualmente a realizar atividades de preparação específicas para executar a missão, segundo informou o Estado-Maior da Força Aérea Romeno.

A única vez que a Roménia realizou esta missão anteriormente, foi no período de 1 de Agosto a 31 de Outubro de 2007, com MiG-21 LanceR, sendo por isso a primeira vez que irá participar com caças F-16. Curiosamente, em 2007, os MiG-21 romenos foram então rendidos por F-16 da Força Aérea Portuguesa. Uma vez que a Roménia adquiriu a sua frota de F-16 a Portugal, é possível que alguns dos aviões da FAP que realizaram o patrulhamento do Báltico (depois de 2007 Portugal já desempenhou esta missão por quatro vezes mais) venham a patrulhar novamente o Báltico, mas com cores romenas.

O F-16AM com matrícula 15121 foi um dos destacados em 2007 no Báltico, que posteriormente foi vendido à Roménia    Foto: FAP

O ex-FAP 15121 recebeu a matrícula 1601 na FA Romena 

Na sequência da invasão da Crimeia pela Rússia, em 2014, a NATO aumentou os meios atribuídos às missões de policiamento aéreo no Báltico, Polónia e Roménia, tendo particular relevância nos países que não têm meios próprios para realizar essa missão de soberania (Lituânia, Letónia e Estónia).



 

sábado, 17 de dezembro de 2022

CENTENÁRIO DA HOMENAGEM DOS FERROVIÁRIOS A GAGO COUTINHO E SACADURA CABRAL [M2366 - 82/2022]

Quase sempre arredada do centralismo generalizado que afecta, também a nossa aviação, a Mui Nobre Sempre Leal e Invicta cidade do Porto recebeu numa das suas mais belas salas de visita  uma representação da Comissão Aeronaval 100TAAS, numa das derradeiras actividades de um vasto programa que comemora o centenário da Travessia Aérea do Atlântico Sul (TAAS).

Com efeito, no pretérito dia 7 de Dezembro de 2022, a Estação Ferroviária de S. Bento, foi palco do descerrada uma lápide que comemora o Centenário da Homenagem dos Ferroviários a Gago Coutinho e Sacadura Cabral, uma cerimónia organizada pela IP Infraestruturas de Portugal e Força Aérea Portuguesa para as comemorações do Centenário da Travessia Aérea do Atlântico Sul (100TAAS).

A cerimónia, singela, mas cheia de pompa e circunstância como lhe é próprio, iniciou-se com um discurso por parte do Tenente-General Rafael Martins, da Comissão Aeronaval 100TAAS e Presidente da Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea, seguido do Sr. Manuel Novaes Cabral, Presidente da Fundação do Museu Nacional Ferroviário.

No seu discurso, o Tenente-General Rafael Martins, começou por enaltecer o espaço, nomeadamente os painéis de azulejaria, da autoria do pintor Jorge Colaço, cuja « iconografia de grande parte dos painéis alusiva a momentos ou personagens marcantes da nossa história, consideraram os ferroviários do Minho e Douro, que a magnitude do feito glorioso da travessia aérea de 1922 deveria ficar registrado neste espaço. E ficou!»

Acrescentou ainda que « A Comissão Aeronaval, e a Infraestruturas de Portugal congratulam-se pela oportunidade de fixar a placa alusiva às comemorações do centenário dessa aventura aérea, contribuindo para divulgar, aplaudir e reavivar um feito maior da história da aviação Portuguesa, projetando, continuamente a mensagem e os valores dos marinheiros e aviadores que souberam sobressair entre os demais através do engenho, conhecimento científico, incansável trabalho, ousadia e muita coragem».

Após o descerramento de lápide alusiva, seguiu-se a visita das entidades à exposição fotográfica (que permanecerá no local até à semana anterior ao Natal) alusiva à TAAS, e um Porto de Honra oferecido pelo Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP).

Como se não bastasse este movimento nada normal neste monumento da Invicta, que suscitou muita curiosidade de quem por ali andava, entre gentes Tripeiras e os “camones”, a Banda de Música da Força Aérea Portuguesa, municiada com o seu “Engenho e Arte“ fez literalmente parar tudo e todos para assistir à sua actuação!

À tarde realizou-se uma Sessão Solene na Reitoria da Universidade do Porto em Homenagem a Gago Coutinho e Sacadura Cabral, Doutores Honoris Causa por esta Universidade. À noite, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, a Banda de Música da Força Aérea, num programa muito interessante, fez as delícias de todos os presentes.


Rui “A-7” Ferreira
Entusiasta de aviação



Nota: O autor do texto/reportagem escreve na grafia antiga.

Agradecimentos: Ten Gen António Mimoso e Carvalho, Ten Gen Rafael Martins, Eng. Francisco Piqueiro







ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
>