quinta-feira, 29 de agosto de 2013

MAKS 2013 (M1133 - 245PM/2013)

Patrulha Strizhi em MiG-29

Ontem foi o primeiro dia do Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2013, que se realiza em Zhukovsky, nos arredores de Moscovo. Logo no início do salão, foram assinados vários contratos de fornecimento e assistência de material aeronáutico russo.

Os primeiros três dias do show aeroespacial são dedicados a eventos estritamente comerciais, mas logo no dia de abertura o MAKS recebeu uma quantidade inesperada de visitantes, dos quais os simples espectadores eram quase a maioria. Apesar de estarmos a meio da semana de trabalho, houve muitas pessoas a querer visitar a exposição estática e observar os voos de exibição. Segundo supõe o diretor executivo do Centro de Pesquisas de Voo e piloto de testes emérito da Rússia Serguei Tresvyatsky, as pessoas foram atraídas pela possibilidade de serem os primeiros a ver o voo de uma esquadra de caças russos de quinta geração: “Na minha opinião foi o T-50. Eu vi os seus voos de exibição durante a preparação do show e fiquei impressionado com a sua supermanobrabilidade. O pessoal de voo tinha tido um volume de treinos suficiente para demonstrar uma boa pilotagem, de grande qualidade. Penso que a nova aeronave irá agradar a todos.”

As manobras de logo três novos aparelhos, seguidas de uma exibição a solo do T-50, foram uns dos momentos mais empolgantes do programa de voos do primeiro dia, mas nos pavilhões de exposição do salão aeroespacial decorria um trabalho intenso. Segundo comentou o vice-presidente da empresa aeroespacial Energia Alexander Strekalov, a participação no show permitiu que a sua empresa publicitasse os seus êxitos ao mais alto nível: “A nossa maior novidade é a nave espacial tripulada de nova geração. Hoje exibimos uma maquete, mas não se trata apenas do protótipo, que nós já exibimos no salão anterior. Já nos encontramos na fase de elaboração da documentação de trabalho e dos testes experimentais.”

O MAKS também se tornou numa plataforma de promoção dos projetos das pequenas e médias empresas. Esta é a opinião do diretor da empresa de desenvolvimento de sistemas robotizados de vigilância SMP-Service Alexei Poluboyarinov: “É a primeira vez que nós expomos no MAKS, mas penso que é precisamente aqui que vamos encontrar os nossos clientes. Fomos visitados por representantes do Ministério das Situações de Emergência, por diversas organizações não-governamentais que vêem a utilidade dos nossos equipamentos. Também conversámos com representantes das forças de segurança. Queremos abrir os nossos produtos a outros mercados, porque de início a nossa empresa tem trabalhado com sistemas de segurança. Neste momento, queremos encontrar novas utilizações que podem ser paramilitares ou mais na área da busca e salvamento. Procuramos pessoas a quem isso possa interessar.”

Pela estão ainda  mais dois dias de intensa atividade comercial do Salão Aeroespacial Internacional e depois terão início as grandes visitas do público em geral. De 30 de agosto a 1 de setembro será possível assistir a uma programação de voos alargada. Os visitantes poderão ver as capacidades das aeronaves tanto russas, como estrangeiras.

Fonte: Voz da Rússia
Adaptação: Pássaro de Ferro


0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>