terça-feira, 25 de março de 2014

AINDA O "PORTA-AVIÕES" IRANIANO (M1494 - 107PM/2014)

Imagem do modelo do porta-aviões em construção no Irão       Foto:Autor desconhecido

Após a revelação pelo New York Times de que o Irão está a construir uma réplica a 2/3 do tamanho, de um porta-aviões americano da classe Nimitz, surgiu na imprensa persa a explicação de que o mesmo se destina à realização de um filme sobre um avião de linha aérea iraniano, alegadamente abatido por um navio americano em 1988.

Mas os custos da construção de tão grande modelo fazem suspeitar que o uso seja apenas esse. É pelo menos essa a opinião de Christopher Harmer do Instituto de Estudos de Guerra, EUA. "Só faz sentido construir um modelo deste tamanho, para um filme que seja um sucesso comercial de primeira grandeza". Harmer admite contudo que o filme possa ser para fins de propaganda do estilo dos épicos Nazis do fim da II Guerra Mundial: "seria um desperdício de dinheiro absurdo, mas é possível que os iranianos sejam assim tão estúpidos".

Já a hipótese de que a réplica possa servir para o treino de técnicas de ataque massivo em "enxame". Depois de perder várias batalhas com a Marinha dos EUA na década de 80, os iranianos perceberam que não poderiam derrotar os americanos em luta convencional, pelo que adotaram táticas tipo kamikaze, em que centenas de pequenas embarcações armados com lançadores de foguetes ou metralhadoras lançariam ataques suicidas contra navios de guerra americanos.

"Para tal precisariam de um grande navio, mais ou menos parecido com um porta-aviões, paar poder treinar o ataque e achara as suas vulnerabilidades" disse Harmer.

Apesar do tema já ter chegado a altas instâncias políticas e militares nos EUA,as teorias para a sua explicação, soam tão estranhas tal como o facto em si é bizarro.

Outra possível explicação será o treino de disparo de mísseis, mas na verdade é que no Ocidente se sabe com muito pouca certeza para que está em construção em Bandar Abbas, perto do Estreito de Ormuz,  um modelo dum porta-aviões americano.

 



1 Voaram em formação:

Nuno Martins disse...

"seria um desperdício de dinheiro absurdo, mas é possível que os iranianos sejam assim tão estúpidos"

Um gajo que profere tais palavras só pode ser um verdadeiro idiota prepotente. Isso confirma-se pelas várias pérolas especulativas descritas no texto.

Desperdício de dinheiro foi o que foi gasto para "formar" um idiota destes em "Altos Estudos". Questionável, no mínimo.

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>