segunda-feira, 16 de setembro de 2013

F-16 TURCOS ABATEM HELICÓPTERO SÍRIO - atualizado (M1155 - 252PM/2013)

F-16C da FA Turca

Segundo comunicado oficial do vice Primeiro-Ministro turco Bulent Arinç, caças F-16 daquele país abateram hoje um helicóptero sírio, que alegadamente violara o espaço aéreo turco: "Hoje às 14:20 um helicóptero Mi-17 pertencente à Síria, violou a fronteira turca na zona de Yayladagi, Guveççi, na província de Hatay, por 2 km", disse Bulent Arinç em Ancara. "Foi avisado repetidamente pelos nossos elementos de defesa. Uma vez que a violação continuou, os nossos aviões abateram o helicóptero às 14:25, com um míssil, causando a sua queda em solo sírio."

Após o abate de um caça turco em junho de 2012, possivelmente por unidades da Defesa Aérea síria, perto do espaço aéreo sírio sobre o Mediterrâneo, o Governo de Ancara avisou a Síria de que não teria contemplações para com violações do seu território por parte de aeronaves sírias e as abateria.
Já em novembro passado, caças de alerta turcos foram acionados, aquando do bombardeamento da cidade fronteiriça de Ras al-Ain por parte do regime sírio e o Ministro da Defesa turco reiterou então a inflexibilidade na decisão de usar a força, se necessário: "a resposta adequada será dada se aviões ou helicópteros sírios violarem as nossas fronteiras".

Destroços do helicóptero abatido    Foto: Reuters/Mahmoud Assano
As consequências deste incidente, serão agora avaliadas, numa altura em que a possibilidade de uma ação internacional em larga escala, parecia desvanecer-se. 
A executivo turco contudo, tem sido um dos maiores críticos do regime de Bashar al-Assad e dos maiores impulsionadores de uma intervenção militar, acumulando alguma frustração com a indecisão dos seus aliados ocidentais.

A Turquia tem uma fronteira de cerca de 900 km com a Síria e abriga cerca de um quarto, dos 2 milhões de refugiados estimados, da guerra civil síria.

Entretanto, o Estado Maior General das FAs Turcas, atualizou as informações disponíveis com  o radar tracking da aeronaves envolvidas e sequência cronológica dos acontecimentos:


1. Mi-17 sírio é detetado como possível intruso e é imediatamente seguido pelo Centro Conjunto de Operações Aéreas (CAOC/BIKIM) em Diyarbakir, ás 13:41 locais, quando se encontrava a 26 milhas náuticas (NM) da fronteira.
2. O CAOC emite repetidos avisos ao helicóptero, até este se encontrar a 5 NM da fronteira
3. O helicóptero entra em espaço aéreo turco às 14:25 perto do posto da polícia de Guvecci em Yayladag, na província de Hatay, a 14.200 pés de altitude, penetrando cerca de 2 km no território turco
4. Dois F-16C que se encontravam em Patrulha Aérea de Combate (CAP) nas imediações foram destacados para intercetar o helicóptero
5. O helicóptero foi abatido às 14:27 e despenhou-se a 1 km da fronteira, dentro de território sírio

Bulent Arinç adiantou ainda que a Turquia irá fornecer um relatório completo do sucedido ao Conselho de Segurança da ONU e à NATO.


Fonte: Today's Zaman e Aviationist
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro



0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>