quinta-feira, 24 de abril de 2014

JAPÃO COLOCA CAÇA STEALTH NO AR AINDA ESTE ANO (M1551 - 136PM/2014)

Modelo à escala real do ATD-X      Foto:TRDI

Falando ao comité de Negócios Estrangeiros e Defesa, o ministro da Defesa japonês Itsunori Onodera confirmou que o Mitsubishi ATD-X (advanced technology demonstrator experimental), futuro caça de demonstração, está em curso para voar ainda este ano, apesar de um ligeiro atraso. 
Originalmente para ser divulgado à comunicação social em maio, o ATD-X está agora alguns meses atrasado, mas deverá ser revelado mais tarde durante 2014, com o primeiro voo a ocorrer pouco depois.

O ATD-X é um projeto liderado pelo TRDI (Technical Research adn Development Institute) do Ministério da Defesa, tendo a Mitsubishi como principal prestador de serviços. O intuito do programa é construir um avião experimental para avaliação de maturidade, integração de fuselagem avançada e tecnologia de motores para futuros caças. O avião é coloquialmente conhecido como Shinshin (espírito do coração).

No final de 2005, um modelo a escala real do ATD-X foi usado para testes de assinatura radar em França e no ano seguinte um modelo à escala 1/5 de controlo por rádio foi construído, para testar a controlabilidade em elevados ângulos de ataque. Resultados preliminares destes testes levaram à decisão de prosseguir com um programa de voo de demonstração do ATD-X em 2007. Um ano mais tarde, pela primeira vez seria apresentado publicamente o modelo à escala real, num festival aéreo no Japão.

Tem-se especulado que o projeto terá sido iniciado para colocar pressão nos EUA, de modo a vender o F-22 Raptor ao Japão, o que a ser verdade, foi completamente mal sucedido. Contudo, evoluiu para um programa que poderá resultar num caça de 6ª Geração indígena, descrito como tecnologia I3 (Informado, Inteligente, Instantâneo). Entre as tecnologias a sere exploradas está o cabo ótico de controlo de voo fly-by-light, propulsão vetorizada tridimensional e sistema de controlo de voo autorreparável, que se recalibra automaticamente, em caso de danos nas superfícies de controlo.

As Ishikawajima_Harima Heavy Industries (IHI) desenvolveram o motor turbofan XF5-1 para propulsar o ATD-X. A empresa possui considerável especialização através de um longo historial de licenciamento de motores americanos e desenvolvimento local dos motores F3 que equipam o Kawasaki T-4. O XF5-1 foi já submetido a extensos testes.

O Ministério da Defesa japonês anunciou um plano para um caça "F-3", destinado a substituir o Mitsubishi F-2 na Força de Autodefesa Aérea Japonesa, para o final da década de 2020, sendo esperada uma decisão se será um caça desenvolvido internamente, ou se em alternativa procederá ao desenvolvimento conjunto, como sucedeu com o F-2 (um modelo alargado da fuselagem do F-16 equipado com sistemas japoneses).
Os testes de voo do ATD-X irão avaliar se as tecnologias japonesas têm maturidade suficiente para suportar um programa de desenvolvimento local, que seja financeiramente suportável.

Fonte: AIN Online
Tradução: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>