segunda-feira, 14 de outubro de 2013

F-16 PORTUGUESES TESTAM NOVA TAPE M6.5 (M1209 - 293PM/2013)


A utilização de armamento real faz parte dos testes realizados   Foto: Esq.201/301

A Força Aérea Portuguesa participou, entre os dias 16 e 27 de setembro, no Early Operational Assessment (EOA) do Programa de Voo Operacional (OFP) 6.5, na Base Aérea de Florennes, Bélgica, com um destacamento composto por três aeronaves F-16 MLU e um contingente de 34 militares.

Esta bateria de testes multinacional, realizado no âmbito do programa de desenvolvimento e atualização das aeronaves F-16, teve como objetivo avaliar a próxima versão do "sistema operativo" dos F-16, num ambiente operacional semelhante a um atual teatro de operações.

Um F-16BM português junto a F-16 dinamarqueses e noruegueses      Foto: Esq.201/301
Esta é a quarta participação da Força Aérea Portuguesa (FAP) nestes exercícios, traduzindo-se numa mais-valia, não só em termos de experiência e Know-How, como também possibilita a Portugal assegurar de uma forma eficiente e imediata a resolução de anomalias e restrições, caso sejam identificadas.

Das capacidades da nova OFP 6.5, também conhecida por "Tape M6.5", destacam-se as seguintes: implementação de Lead Computed Impact Point (LCIP); melhorias no Enhanced Glopal Positioning System - Inertial Navigation System (EGI); atualização do envelope de emprego de mísseis ar-ar;

   Foto: Esq.201/301

O destacamento da FAP envolveu militares das operações, planeamento das missões, da Direção de Engenharia e Programas, da Direção e Manutenção de Sistemas de Armas e da manutenção.

Participaram no exercício cinco países europeus pertencentes à European Participating Air Forces (EPAF) - Portugal, Dinamarca, Bélgica, Noruega e Holanda - com um total de 14 aeronaves, 34 pilotos e 230 militares pertencentes aos cinco destacamentos. 

Aspeto de alguns dos protótipos envolvidos no EOA da Tape M6.5     Foto: Esq.201/301

Os protótipos portugueses para a Tape M6.5 foram os aviões com o número de cauda 15104, 15116 e 15120. 
Para saber tudo sobre o desenvolvimento de um OFP, pode consultar o artigo no Arquivo de Imprensa do Pássaro de Ferro sobre o tema: Mantendo o F-16 um caça de última geração



Fonte: Esquadras 201 e 301
Adaptação: Pássaro de Ferro


0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>