domingo, 22 de setembro de 2013

HÁ 52 ANOS, UMA BOMBA NUCLEAR QUASE EXPLODE NOS EUA (M1171 - M73AL/2013)

O "cogumelo atómico", imagem de marca das detonações nucleares.

Reproduzimos na íntegra um interessante artigo publicado no sítio eletrónico do jornal "Público" e que dá conta de um grave acidente nuclear que foi evitado in extremis, algures há 52 anos, numa altura em que o mundo vivia no limbo de um confronto nuclear, mesmo que antes ainda da "crise dos mísseis de Cuba".
O avião envolvido, um B-52 era, naquela altura uma das armas estratégicas mais temidas e nas suas asas e porões era possível transportar um tremendo arsenal bélico, capaz de arrasar cidades inteiras.
Este quase acidente fez soar as campainhas de alarme dos técnicos norte-americanos, obrigando a reforçar as medidas tendentes a evitar futuras situações semelhantes, resultado de situações imponderáveis.

«Uma bomba nuclear dos Estados Unidos por pouco não explodiu no estado da Carolina do Norte em 1961. A informação consta de um documento secreto a que o diário britânico Guardian teve acesso e que indica que o dispositivo seria 260 vezes mais poderoso do que o que devastou a cidade japonesa de Hiroxima.

De acordo com as informações avançadas pelo Guardian, a bomba seguia a bordo de um avião B-52 que se desintegrou no ar a 23 de Janeiro de 1961, quando sobrevoava aquele estado norte-americano. No aparelho seguiram duas bombas de hidrogénio Mark 39. Uma caiu no campo e outra na zona de Goldsboro. Nenhuma chegou a explodir, mas a segunda iniciou o processo de detonação — ainda que se tenha conseguido travar a tempo com um interruptor que funciona com uma tecnologia de dínamo e que era o último mecanismo de segurança possível.
A informação vem a público numa altura em que as autoridades dos Estados Unidos insistem que o arsenal nuclear do país em momento algum colocou a segurança ou a vida dos cidadãos em risco, omitindo alguns incidentes como este da Carolina do Norte.

 B-52D largando uma impressionante quantidade de bombas.

O documento foi conseguido pelo jornalista Eric Schlosser através do chamado "Freedom of Information Act" — uma lei que visa garantir o direito à liberdade de informação e que permite o acesso a alguma informação federal do Governo norte-americano. O incidente aconteceu durante a Guerra Fria entre os Estados Unidos e a Rússia e apenas um ano antes da crise com Cuba.
O jornal refere que, se a bomba não tivesse sido travada a tempo, as ondas radioactivas eram suficientemente potentes para afectarem Washington, Baltimore, Filadélfia e até mesmo Nova Iorque. Aliás, no documento secreto escrito oito anos depois por um engenheiro dos laboratórios de Sandia responsável pela segurança mecânica das armas nucleares, Parker Jones, é dito que as bombas estavam feitas de forma inadequada e que foi por mero acaso que não houve um grande acidente.
De quatro mecanismos para evitar a detonação de uma das bombas, três falharam, segundo o especialista. “O Governo dos Estados Unidos tentou consistentemente esconder informação dos cidadãos para evitar as questões que estão a ser colocadas sobre a nossa política de armamento nuclear”, disse Parker Jones, citado pelo Guardian. E acrescentou: “Disseram-nos que não havia possibilidade de estas armas serem detonadas acidentalmente, mas aqui está uma que esteve perto disso.” O engenheiro frisou que foi um “simples interruptor de baixa voltagem” que “ficou entre os Estados Unidos e uma grande catástrofe”.»

Fonte: Jornal Público
Edição e adaptação: Pássaro de Ferro 


2 Voaram em formação:

AGP disse...

Aconteceu algo parecido a sul da n. Península: estes casos estão decumentados e até há uma entrada na Wikipedia sobre eles.

AGP disse...

«documentados», perdão

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>