sexta-feira, 16 de maio de 2014

FORÇA AÉREA REALIZA RESGATE A 630 MILHAS DAS FLORES (M1586 - 62AL/2014)

O C295 foi uma das aeronaves envolvidas na operação.

A Força Aérea efetuou, no dia 15 de maio, o resgate aeromédico de um tripulante do navio mercante “CSAV LLANQUIHUE”. A embarcação, com bandeira da Libéria, navegava a cerca de 630 quilómetros a sudoeste da ilha das Flores, Açores. A distância a que o navio se encontrava obrigou a uma missão de elevada complexidade, que começou a ser preparada no dia anterior.
O pedido de auxílio foi recebido às 15h51 do dia 14 de maio no Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada). De imediato, o MRCC Delgada contactou o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODUMAR) do INEM, que identificou a necessidade de resgate do tripulante – um homem com 56 anos, de nacionalidade croata.
Estabelecida a ligação ao Centro de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes), foi preciso esperar que o navio entrasse no raio de operação do helicóptero EH-101 Merlin, da Esquadra 751 - "Pumas".


Depois, às 04h00, a aeronave descolou da Base Aérea N.º 4 (BA4), na ilha Terceira, rumo à ilha das Flores. Reabasteceu para aumentar o alcance e, às 08h45, partiu ao encontro do navio, com uma equipa médica militar a bordo.
O EH-101 Merlin foi acompanhado por uma aeronave C-295, da Esquadra 502 - "Elefantes", com o objetivo de prestar apoio e coordenar as ações. A extração acabou por ser executada com sucesso pelas 12h10, com o helicóptero a voltar em seguida para a ilha das Flores, onde chegou às 14h45.
Na ilha das Flores, o paciente foi transferido para o C-295 e transportado até à BA4. Às 16h05, quando a aeronave aterrou, já aguardava no local uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que encaminhou o doente para o Hospital do Santo Espírito, em Angra do Heroísmo.  
O C-295 realizou um total de 07h20 de voo. Por sua vez, o EH-101 Merlin regressou às Lajes pelas 19:25, realizando um total de 10h10 de voo.

Fonte: FAP

Nota do Editor: São estas missões que deveriam ser explicadas ao bom povo português, precisamente aquele que tanto condena os gastos com as forças armadas e que, por ignorância - orgânica ou conveniente - desconhece que, missões como estas são absolutaente vitais para muitas vidas que, a toda a hora, cruzam os mares. Missões realizadas, tantas vezes, no limbo da (im)possibilidade mas que se fazem, porque há Homens que treinam, arriscam e se dedicam, por inteiro, a uma causa, a uma missão.

2 Voaram em formação:

Anónimo disse...

Quando se questiona a utilidade no contexto actual das FA, não estão em causa missões humanitárias ou, como no caso, missões SAR. Pode-se questionar sim a dimensão os meios e sobretudo a estrutura orgânica que actualmente está profundamente invertida (vidé a desproporcionalidade entre o nº de oficiais generais e superiores versus subalternos e restantes classes). De que servem duas esquadras de F-16 se depois não existe possibilidade de colocar os aviões no ar para que pilotos e máquinas atinjam proficiência máxima. Defendo a redução de meios, optando criteriosamente pela sua escolha em função do serviço publico que possam prestar,não embarcando nessas "balelas" de soberania e defesa nacional, que como sabemos é fantasiosa. Estou certo que até os nossos aliados internacionais entenderiam umas FA nacionais com menos meios mas tecnologicamente evoluidos e o mais importante,operacionais, motivadas e ao serviço do bem comum.

Anónimo disse...

Caro anónimo,
Tem razão no que escreve.
Mas a sangria de pilotos comandante já está a colocar em causa algumas missões em EH101 que, por exemplo tenham lugar na área da Madeira e é no mínimo caricato que um eventual salvamento, tenha de esperar por um piloto que entretanto um outro meio qualquer faça deslocar de Lisboa.
Mas sim, as prioridades devem ser estabelecidas, sim!

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>