segunda-feira, 17 de março de 2014

EXERCÍCIO SIRIO 2014 - ESPANHA (M1476 - 91PM/2014)

Uma parelha de EF-18 da Ala 12 no campo de tiro de Bardenas
Durante o exercício também foi utilizada a base aérea de Málaga
Configuração de um EF-18 da Ala 46 - Gando
EF-18 da Ala 15 de Saragoça descola com bombas inteligentes
Impacto das bombas no campo de tiro de Bardenas

Com o regresso dos aviões às respetivas unidades na sexta-feira, 14 de março, concluiu-se a última fase do exercício Sirio 2014, organizado pelo Comando Aéreo de Combate do Ejército del Aire espanhol. As 34 aeronaves de combate que durante a semana anterior permaneceram na base aérea de Saragoça para o desenrolar da fase "Tormenta", regressaram às bases de Badajoz, Sevilha, Torrejon e Canárias, além dos Harrier da Armada a Rota.

F-5 da Ala 23 de Badajoz em Bardenas

O exercício Sirio-Tormenta é o mais importante que se realiza anualmente em Espanha e contou com a visita do ministro da Defesa Pedro Morenés ao campo de tiro de Bardenas, acompanhado pelo Chefe de Estado Maior da Defesa e do Chefe de Comando Aéreo.

O ministro da Defesa na visita ao exercício

O ministro da Defesa assistiu a partir de um C295 da Ala 35 ao reabastecimento aéreo de caças F-18, tendo efetuado na mesma aeronave uma aterragem de máximo esforço numa pista não preparada, previamente balizada pelo pessoal da Esquadra de Apoio a Operações Aéreas. Oministro foi depois transportado de helicóptero para o campo de tiro de Bardenas, onde presenciou a fase final do treino de largada de armamento real por parte das unidades participantes.

Um Super Puma da Ala 48 sobre Aragão

Atirador do Super Puma no campo de tiro
Operações com paraquedistas

Na fase Tormenta executaram-se missões ofensivas planeadas e comandadas pelo Comando Aéreo de Combate, estabelecido para este exercício como Comando da Componente Aérea Conjunta (JFAC), em resposta a uma situação de crise. As missões ofensivas, tipo COMAO (Composite Air Operation) com utilização de armamento real ar-solo ficaram restringidas ao cenário do campo de tiro de Bardenas.

Texto e fotos: Ejercito del Aire
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>