quinta-feira, 21 de novembro de 2013

USAF QUER DESENVOLVER LASERS OFENSIVOS (M1282 - 352PM/2013)

Conceptualização de caça de 6ª geração da Lockheed Martin    Imagem: Lockheed Martin

A Força Aérea dos EUA (USAF) publicou um novo pedido para o desenvolvimento de lasers de alta energia, que podem vir a ser aplicados na próxima geração de caças, na era pós 2030.
Depois da revelação de estudos para o avião ultrasónico SR-72, o desenvolvimento de armamento e tecnologia nos EUA parece entrar no campo da ficção científica, com a possibilidade da aplicação de utilização prática dos lasers como armamento ofensivo.
Pode ler-se no pedido da USAF que "a ênfase neste esforço é a de identificar potenciais sistemas de laser, que possam ser integrados numa plataforma que proporcione o domínio aéreo nas zonas altamente contestadas de acesso restringido/negado no período 2030+"

O Laboratório de Investigação da Força Aérea (AFRL) está particularmente interessado em sistemas laser que estejam no nível 4 de desenvolvimento, permitindo estar em funcionamento em outubro de 2014, o que significa que a tecnologia tem que estar já suficientemente integrada. 
O objetivo da USAF é ter os lasers no nível 5 em 2022, o que significaria poder ser integrado em elementos de suporte "razoavelmente realistas" para ser testado em ambiente simulado, por essa altura.

O comunicado do AFRL acrescenta ainda que "lasers e sistemas de controlo de feixes de luz estão a ser investigados independentemente da plataforma a altitudes desde o nível do mar, até 65.000 pés (19.500m) e velocidades desde mach 0,6 até 2,5".

A USAF está interessada em três tipos distintos de tecnologia laser: os de baixa intensidade (já em uso) para iluminar e guiar armamento, bem como bloquear sensores inimigos. Os de média intensidade, para sistemas de proteção contra mísseis inimigos, e os de alta intensidade, para operações ofensivas contra alvos no ar ou na superfície.

E o futuro não está tão longe como se possa pensar, já que na Marinha americana, estão previstos testes para 2014, a bordo do navio USS Ponce, equipado com um laser para proteção contra pequenas embarcações.

Fonte: USNI News
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro




0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>