quinta-feira, 21 de novembro de 2013

MISSÃO CSAR EM RISCO NOS EUA (M1281 - 351PM/2013)

Sikorsky HH-60G Pave Hawk de CSAR na USAF     Foto: Christopher Boitz/USAF

As unidades dedicadas à missão de resgate em ambiente de combate (CSAR- Combat Search and Rescue) nos EUA, estão em risco de serem extintas, segundo informação divulgada no passado dia 17 de novembro de 2013, por fontes em Washington.

Os fundos previstos para helicópteros de CSAR não estão incluídos na proposta de orçamento para o ano fiscal de 2015, afetada pelos conhecidos cortes devido ao chamado "sequestro orçamental" nos EUA. Além disso, fundos para aumentar a vida útil de cerca de 90 helicópteros usados em combate HH-60G Pave Hawk, não faz também parte do orçamento.  A Força Aérea (USAF)  tem, além disso e por essa razão, suspendido a realização de um contrato com a Sikorsky e Lockheed Martin para a criação de um substituto dos Pave Hawk, devido às incertezas no seu orçamento.
Mantendo-se este cenário, a USAF terá que suspender, ou pelo menos reduzir drasticamente a sua missão de CSAR.

Entretanto, e no seguimento desta notícia, um grupo de antigos pilotos e defensores da missão de CSAR, criou um sítio de internet para chamar a atenção para o problema e angariar apoios para a causa. O Cor. (Ref) Henry Manson, antigo piloto de CSAR na USAF, é um desses casos e dá a cara pelo movimento: "Isto não está certo. Que mais podem fazer as pessoas do lado de fora da vedação, senão tentar influenciar o Congresso?"

De realçar que o movimento não tem qualquer apoio ou supervisão por parte de fabricantes de aeronaves, sendo constituído apenas por pessoas preocupadas em resolver o assunto. Segundo o Cor. Manson "o feedback tem sido muito positivo até ao momento. (...) As pessoas não sabiam que o assunto não ia ser resolvido. Penso que foi uma surpresa a Força Aérea não ser capaz de adquirir um novo helicóptero."
Para o grupo, acima de tudo, ter os meios significa poder continuar uma missão com muito significado para os militares: "Há sobre tudo um imperativo moral: se mandamos tropas para zonas de perigo, temos de ser capazes de as ir buscar. Ninguém fica para trás. É um pacto com todos os homens e mulheres que servem nas forças armadas, de que ser americano significa que vamos atrás deles".

Um resgate em ambiente de guerra no Afeganistão    Foto: Eric Harris

Curiosamente, a missão de CSAR foi alvo já no decorrer de 2013 de um documentário impressionante da National Geographic, que o Pássaro de Ferro divulgou oportunamente na página de Facebook.

Poucos meses passados, essa nobre missão de salvar vidas, parece agora ela própria ter de ser salva.


Primeiro episódio do documentário da NG intitulado "Inside Combat Rescue"


Os restantes episódios estão também disponíveis no Youtube, bastando efetuar uma busca.





0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>