terça-feira, 3 de setembro de 2013

MAIS UMA VIDA PARA O MÍTICO IAI KFIR (M1138 - 67AL/2013)


Um Kfir C10 da Força Aérea da Colômbia, que incorpora já algumas das valências previstas para o "Bloco 60". O C10 foi uma das revelações do Red Flag 2012. Créditos na imagem.

Foi recentemente revelado por um quadro da IAI - Israel Aeronautics Industry que estará em curso a operação para dar resposta a uma "encomenda não identificável" de um lote de caças-bombardeiros IAI KFIR, na versão "Block 60". O contrato começa por prever um protótipo e só então se seguirá a produção.
Esta modernização parte de células Kfir C7 , incluindo reforços e componentes que garantam a vida útil de 8.000 horas de voo ou 40 anos. O motor será o General Electric J79 - com zero horas e cuja primeira grande revisão foi fixada nas 1600 horas de operação, ou oito anos. O avião terá alguns melhoramentos aerodinâmicos, mantendo-se os canard's tradicionais, um pára-brisas inteiriço e a opção por uma sonda fixa para reabastecimento aéreo .
Quanto ao equipamento do "novo Kfir " confirma-se a implementação do radar multimodo AESA/Elta EL/M-2052, capaz de detectar simultaneamente alvos em ar-ar e ar-terra, com capacidade BVR (Beyond Visual Range) e capacidade para detetar e gerir até 64 alvos em simultâneo,  apresentandos num radar de qualidade de imagem fotográfica, múltiplos modos de mapeamento e capacidade de detecção mar. O bloco 60 possui três displays multifunções policromados AMLCD, o piloto usa um capacete com sistema de visão integrada, ambiente Link 16 e um sistema de protecção electrónica avançada fornecida.  
A capacidade de armamento consiste em armas ar -ar BVR Derby, mísseis de curto alcance Python 5, uma grande variedade de mísseis e bombas guiadas e o designador de alvos, o pod Litening AT.
No Red Flag 2012, os Kfir C10 da Colômbia tiveram um excelente desempenho, facto que gerou a curiosidade e interesse de vários países, que solicitaram informações sobre o IAI Kfir. Consta que o desempenho dos C10 colômbianos em missões ar -ar e ar-terra foi excelente, tendo obtido ótimos  resultados, superando outras aeronaves mais recente e dadas como mais capazes e avançadas. De acordo com a IAI, o Bloco 60 do Kfir fornece entre 80 e 120% dos recursos dos caças de terceira e quarta geração, mas com bastante menor custo.

Fonte: Várias
Edição: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>