quarta-feira, 8 de maio de 2013

INDÚSTRIA TURCA SUPORTA PROGRAMA F-35 (M986 - 130PM/2013)

Lockheed Martin F-35 Lightning II      Foto:Lockheed Martin

Sabidas as dificuldades que o programa F-35 atravessa para se auto-sustentar, com o cancelamento de encomendas de vários países participantes e sucessivos atrasos, todas as oportunidades são boas para reafirmar a firmeza no desenvolvimento do sistema de armas de 5º Geração.
Em Istambul, nove empresas turcas participaram num evento de agraciamento, organizado pela Lockheed Martin na feira IDEF realizada na maior cidade turca. Todas as nove empresas participaram no desenvolvimento de produção internacional e para a capacidade operacional do F-35 Lightning II, significando centenas de postos de trabalho para o país.
A propósito da cooperação da indústria turca com a Lockheed Martin, Steve O'Bryan vice-presidente do programa F-35 referiu na ocasião que "a Lockheed Martin valoriza a cooperação estabelecida com o Governo turco, militares e industria, durante os últimos 25 anos, através do F-16 e do C-130", acrescentando que "esse relacionamento continua agora a florescer, uma vez que todos os F-35 entregues t~em componentes turcos".


Representantes das empresas participantes do programa f-35 e Governo turco   Foto:Lockheed Martin

As nove empresas turcas participantes no program f-35 são:
-Alp Aviation (elemntos estruturais, componentes do trem de aterragem, lâminas da turbina F135)
-Aselsan (componentes óticos avançados, controlador avançado de aviónicos)
-Ayesas (interface de mísseis e ecrã do cockpit)
-Fokker Elmo (40% do sistema e ligações elétricas)
-Havelsan (sistemas de treion e simulação)
-MiKES (fornecedor de componentes)
-Rocketsan (integração e produção do míssil de precisão SOM)
-TAI (manufatura e montagem da fuselagem, produção de componentes e paineis de fuselagem e baías dos trens de aterragem e armas, etc)

A indústria turca por isso com muito para ganhar com o seguimento do programa F-35, num valor estimado em cerca de 12.000 M USD ao longo da vida útil do programa. 
De igual modo a Lockheed Martin,  pretende segurar e assegurar com este gesto um dos seus principais clientes, uma vez que a Turquia se apresenta como o segundo maior utilizador estrangeiro com 116 unidades encomendadas, apenas atrás do Reino Unido.

Fonte: Lockhed Martin e outras
Tradução e adpatação: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>