quinta-feira, 14 de abril de 2011

Tempos de mudança ... (M493 - 5RF/2011)

Os conflitos armados são, como sempre foram, uma coisa em evolução, daí que aquilo que hoje nos parece estranho ou diferente, ou novidade, é algo de rapidamente é transportado para o passado, num ciclo contínuo. Nisto se englobam não só as armas como também as técnicas.

Não me espanta o que me traz aqui hoje, apenas achei curioso o relato, e a razão de vir para aqui compartilhar com os demais Pássaro-Ferrosianos, uma pequena notícia que li na última edição da Air Forces Monthly à cerca das operações aéreas que decorrem na Líbia, e que, não tem nada de especial mas, eu acho, perdoem-me a expressão, deliciosa.


(desculpar-me-ão a tradução um pouco ... “à bruta”)


Forças Norte-Americanas combatem navio da Guarda Costeira da Líbia


Em 28 de Março último, um P-3C Orion da US Navy, um A-10C da US Air Force e o destroyer USS Barry, entraram em combate com uma vedeta da Guarda Costeira Líbia e duas outras embarcações, mais pequenas, que se encontravam a disparar indiscriminadamente sobre navios mercantes no porto de Misurata.

O P-3C disparou misseis AGM-65F Maverick para o navio da Guarda Costeira, tornando-o inoperativo e acabando por encalhar na praia. O A-10C disparou o seu canhão 30 mm GAU-8 Avenger contra as embarcações mais pequenas, destruindo uma enquanto que a outra foi abandonada pelos seus ocupantes. O USS Barry prestou a gestão do espaço aéreo.


0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>