domingo, 23 de novembro de 2014

BRASIL TERMINA MODERNIZAÇÃO DA FROTA P-3 (M1731 - 321PM/2014)

P-3AM da Força Aérea Brasileira

A Base Aérea de Salvador (BASV) realizou na quarta-feira (19/11/2014) a formatura militar de entrega da frota completa das aeronaves P-3AM Orion. A cerimónia marca para a Força Aérea Brasileira (FAB) o fim do ciclo de receção dos novos equipamentos de patrulha. O evento foi presidido pelo Comandante da Aeronáutica Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito e contou com a presença de autoridades civis e militares, além de representantes da Airbus Defence and Space e da ATECH, empresas responsáveis pela modernização das aeronaves P-3AM. Em julho deste ano foi entregue a última aeronave, o FAB 7206, completando a frota de nove aviões.

O processo de reapetrechamento foi iniciado em março de 2000, com as aeronaves adquiridas dos EUA, que passaram por um processo de modernização na fábrica da Airbus Military, em Sevilha, Espanha. Os sistemas foram atualizados e integrados num sistema tático de missão, operado por uma tripulação de até 12 militares.


Formatura da entrega das aeronaves P-3       Foto:Sgt Gustavo/ Mateus Alves

O Esquadrão Orungan (1º/7º GAV), sediado na BASV, já participou em missões de busca e salvamento, reconhecimento eletrónico, patrulha marítima, em especial nas áreas de plataformas de petróleo e de antissubimarino, com destaques à participação na Operação Joint Warrior, no Reino Unido em 2013, e na Operação Fraterno, na Argentina em 2014. Desde 2011 até hoje, o Esquadrão também formou novos tripulantes entre militares vindos de várias unidades da FAB.

Pontuando o sucesso alcançado pela Unidade Aérea em missões no território bbasileiro, em águas jurisdicionais ou no exterior, o Brigadeiro do Ar Carlos José Rodrigues de Alencastro, Comandante da Segunda Força Aérea (II FAE), afirma que o P-3AM é uma das melhores aeronaves de patrulha marítima do mundo. “Seus tripulantes encabeçam a fila de militares de alto valor, que se orgulham da máquina que voam. Eles sabem da imensa responsabilidade da missão de ser o guardião do Pré-Sal [NR: zona de exploração petrolífera em águas brasileiras] e que agora passam a vislumbrar novas capacidades e recursos”, finalizou.

Fonte: Agência Força Aérea
Adaptação: Pàssaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>