terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

PORTA-AVIÕES ADMIRAL KUZNETSOV NO MEDITERRÂNEO (M1413 - 35PM/2014)

A silhueta do Admiral Kuznetsov   Foto: Autor desconhecido



O único porta-aviões da Marinha russa na atualidade Admiral Kuznetsov, assumiu o estatuto de navio-almirante, em destacamento com o seu grupo de combate no Mediterrâneo.

A cerimónia começou com a remoção das cruzes de Santo André, que decorreu sob fortes ventos e chuva copiosa.
Segundo a Marinha russa, o mau tempo não intimidou os marinheiros, que não sabem o que significa mau tempo para voar.

De pilotos e marinheiros proscritos devido à operacionalidade intermitente do navio, a força militar em prontidão permanente, o Kuznetsov sofreu algumas atualizações durante 2012 e 2013, maioritariamente no que respeita a sistemas de comunicações obsoletos, estando inicialmente previstas  ações mais profundas, que entretanto não se verificaram.

O regresso do grupo do Kuznetsov ao Mediterrâneo e à base naval russa em  Tartus, Síria é tido como um sinal de que Moscovo não descura os seus interesses junto do regime de Bashar Al-Assad, aliado longa data.

Segundo a imprensa russa, o porta-aviões carrega 22 caças Su-33 "Flanker D", além de helicópteros.

Vídeo:


0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>