quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

CHINÊS J-16 EM TESTES DE VOO (M1424 - 24AL/2014)

Imagem, de fraca qualidade, de um J-16 em vôo. Créditos na foto.

O caça chinês Shenyang J-16, uma espécie de sucedâneo do russo SU-30, entrou na sua fase de testes de voo, dando continuidade ao seu desenvolvimento, com vista a equipar a Força Aérea do país mais populoso do mundo.O Su- 30MKK é o primeiro verdadeiro caça-bombardeiro "multirole" na família Sukhoi Flanker . A China adquiriu um total de 100 exemplares do original russo entre 2001 e 2004, incluindo 24 aparelhos da variante MKK2 de raíz naval.
 A aeronave está equipada com contramedidas eletrónicas sofisticadas (ECM) e capacidade aumentada para aquisição de alvos e orientação das armas e, paralelamente, é capaz de operar uma ampla gama de armas ar -ar e ar -superfície .
O Su-30MKK/J-16 tem um raio de combate de 1.600 km sem necessidade de reabastecimento aéreo. Este é aumentado para 2.600 km com um reabastecimento, ou 3.500 km, com dois. Isso permite que a aeronave para atingir áreas cruciais para a geoestratégia chinesa.
 
Outra vantagem distintiva da aeronave é a sua capacidade C4ISR (Command, Control, Communications, Computers, Intelligence, Surveillance and Reconnaissance) sofisticado, que permite que a aeronave possa operar sozinha, ou como um posto de comando aéreo para outras aeronaves de combate - aliás dando sequência à forma como o Su-30 foi originalmente proposto para a Força Aérea Soviética.
O J-16 é apenas um exemplo mais da indústria chinesa de aviação militar, que se encontra em plena expansão, e que está a executar em simultâneo, pelo menos cinco ou seis programas de desenvolvimento de aeronaves de combate de 4ª e 5ª geração. 
Num mundo e num quadro económico em que os orçamentos militares estão a sofrer sucessivos cortes, este surto de desenvolvimento da indústria de armamento e aviação militar chinesa - que acompanha a "explosão do seu crescimento económico - contraria a restante tendência, apresentando-se, atualmente como incomparável, sob todos os aspetos.

Fonte: Defense News
Edição: PFerro/2014

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>