sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

ESLOVÁQUIA INCLINA-SE PARA O GRIPEN (M1373 - 10PM/2014)

Saab JAS39 Gripen e L-159 da República Checa para ver também com as cores Eslovacas?    Foto: Milan Nykodym

A Saab tem razões para sorrir ultimamente. Apesar do seu seu caça de Geração 4+ o JAS 39 Gripen não ser necessariamente o melhor no segmento, o trunfo dos baixos custos parece mais alto do que qualquer outro, no panorama mundial da atualidade.
Depois do anúncio do Brasil ter escolhido o caça sueco, a Eslováquia está alegadamente inclinada a escolher o JAS 39 Gripen também, como substituto dos seus MiG-29. Segundo consta, o país pode até conseguir F-16 em segunda mão (à semelhança da Roménia por exemplo) ou Kfir a preços inferiores, mas o baixo custo de manutenção e operação do Gripen são mais atrativos, além de facilitar a cooperação com a República Checa, que já utiliza o modelo. Voar os mesmos caças proporcionará a capacidade de partilha de custos e serviços de apoio, a um nível muito mais profundo.

A Eslováquia opera atualmente 6 L-159 e terá segundo se pensa 6 MiG-29 restantes em condições de voo, da dúzia original. Desde que o país se tornou independente que a sua Força Aérea não comprou caças, sendo os existentes remanescentes da divisião política com a República Checa nos anos 90.

Não deixa de ser curioso como as razões económicas têm aproximado países divididos que anteriormente se separaram por questões políticas-ideológicas. 


Fonte:  Defense Industry
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro


0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>