sexta-feira, 25 de outubro de 2013

C-27J: DA FÁBRICA PARA A SUCATA? (M1232 - 311PM/2013)

AleniaAirmacchi C-27J Spartan

O Pentágono está a enviar aviões de carga, diretamente da linha de montagem para casulos no deserto do Arizona, simplesmente porque não tem uso para eles. No entanto ainda não parou de os receber.

Uma dúzia de C-27J Spartan praticamente novos foram já enviados para o AMARG, depósito de material obsoleto ou sem uso das Forças Armadas dos EUA, também conhecido como "Boneyard". Cinco mais, ainda em construção, terão provavelmente o mesmo destino, de acordo com a investigação do jornal Dayton Daily News.
A USAF gastou 567 M USD numa encomenda de 2007 para 21 C-27J, dos quais 16 foram já entregues e quase todos enviados diretamente para o AMARG.

Ao que parece, pressões políticas levaram a que as aeronaves fossem compradas, inicialmente até prevendo números mais elevados. Agora, cancelar encomendas de aeronaves em avançado estado de fabrico não é comportável em termos de custos. 

Segundo um porta-voz da USAF, é preferível receber mesmo as aeronaves, além de que outras agências governamentais dos EUA, já manifestaram interesse nos aviões, nomeadamente a Guarda Costeira, que pretende usá-los em conjunto com os CN235 já em operação.

Os EUA têm conhecido dias complicados com a família C-27, depois de terem já enviado para a sucata 16 C-27A atribuídos à FA Afegã, que em 2012 estavam todos parados devido a problemas de manutenção, sendo substituídos por C-130H nas suas funções, tal como o Pássaro de Ferro noticiou.

Fonte: Fox News e outras
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>