domingo, 1 de setembro de 2013

O Nesher e a FAP


O IAI Nesher foi uma cópia que Israel fez sem licença do Mirage 5J. Este caça israelita entrou em serviço em 1971, tendo participado na guerra de Yom Kippur em Outubro de 73, mas com a entrada em serviço do Kfir, a produção do Nesher foi suspensa em 1975 e os aviões excedentes foram colocados à venda. 
O primeiro e único cliente do Nesher foram os argentinos que compraram 39 jactos em condições de voo e mais 20 para peças. A compra foi feita em 1978, tendo os primeiros 6 aviões chegado a Buenos Aires em Novembro desse ano. 
O que ninguém sabe é que uma delegação da FAP fez no começo de 1978, uma visita a Israel com o intuito de avaliar o Nesher. O interesse da Força Aérea não era propriamente comprar o avião, mas sim pressionar indirectamente os americanos, que se mostravam muito relutantes em vender o F-5E Tiger II a Portugal. A delegação portuguesa visitou os aviões no deserto e deu a entender aos israelitas, que o Governo português podia estar interessado em comprar os Nesher. Como é óbvio a informação foi transmitida aos americanos que uns tempos depois apareceram com a solução A-7.  Enfim, um episódio que não vem nos livros.


1 Voaram em formação:

Nuno Martins disse...

Viva!

Seria interessante divulgar a fonte da informação relativa ao interesse Nacional para garantir (ainda) mais credibilidade ao texto.

Cumprimentos.

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>