quarta-feira, 5 de junho de 2013

MIRAGE F-1 DESCAPOTÁVEL (M1027 - 164PM/2013)

Mirage F-1CR

Um Mirage F-1CR, da Esquadra de Reconhecimento 2/33 Sabóia, baseada em Mont de Marsan, perdeu a canópia, em voo sobre a área de Villeneuve-de-Marsan, a 3000 metros de altitude, a uma velocidade de 400/500 km/h, quando se encontrava numa missão de treino. O incidente ocorreu dia 3 de junho pelas 18 horas. A peça de plexiglass, foi encontrada pouco depois numa área de cultivo.

O piloto, que recentemente participou na Operação Serval, no Mali, conseguiu trazer de volta a aeronave para Mont de Marsan: "Uma vez passado a surpresa de estar com a cabeça ao vento, não houve mais preocupações", comentou ao diário Sud Ouest, o Coronel Guillaume Letalenet,  comandante da Base Aérea 118. "Terminou em descapotável", declarou com humor.

"É um acaso menor, apesar de não ser todos os dias que perdemos objetos em voo", disse ainda o Coronel Letalenet, admitindo no entanto que o incidente poderia ter tido consequências maiores se  tivesse ocorrido a altitudes mais elevadas.

Enquanto isso, o Mirage F-1 em causa foi imobilizado para investigação do Gabinete de Inquéritos de Acidentes de Defesa (BEA - D).

Fonte: Opex360.com
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>