sexta-feira, 21 de junho de 2013

EMBRAER KC-390: A GAFE DA VÍRGULA (M1049 - 176/PM2013)



A Empresa de Engenharia Aeronáutica (EEA) esclareceu que a participação de Portugal no novo avião da Embraer será de cerca de 4,5% e não de 45%, como "por lapso terá incorretamente sido transmitido à agência Lusa".
Na quarta-feira, o presidente da EEA, Jacinto Bettencourt, afirmou à Lusa, no Salão Internacional da Aeronáutica Le Bourget, na região de Paris, que 40 a 45% do novo avião da Embraer "é desenhado e produzido em Portugal".
"Esclarece-se que por lapso terá incorretamente sido transmitido à Agência Lusa que a participação de Portugal no Programa KC-390 poderia chegar aos 45% em atividades de desenho e produção, quando efetivamente se deveria ter transmitido que a participação do país no fornecimento para os aviões de série será de cerca de 4,5%", lê-se no esclarecimento da EEA enviado depois à Lusa.

Fonte: Expresso

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>