terça-feira, 22 de janeiro de 2013

VOOS DE F-35B SUSPENSOS (M844 -26PM/2012)

Lockheed Martin F-35B Lighting II      Foto:Lockheed Martin

Os voos de aeronaves F-35B (versão STOVL) estão suspensos devido a medidas preventivas, desde sexta-feira, 18 de janeiro de 2013.
A decisão foi tomada depois de um voo de teste na base de Eglin, Florida ter sido abortado pelo piloto durante a rolagem para uma descolagem convencional. Apesar de não ter causado qualquer tipo de dano na aeronave ou ferimento no piloto, a falha no sistema fuel-hidráulico, que permite o movimento do sistema de exaustão STOVL do F-35, causou apreensão suficiente para levar a tomar a decisão de suspender os voos na versão. Os voos dos modelos A (convencional) e C (marítimo) não foram afetados.
Entretanto, um grupo de engenheiros está a analisar os dados retirados do avião para apurar as causas da falha do sistema. "Assim que as causas e fatores contributivos estejam compreendidos, será tomada uma decisão acerca de levantar ou manter as limitações para o voo, da variante F-35B", esclareceu Della Vedota, porta-voz do programa Joint Strike Fighter (JSF). 
A Lockheed Martin, principal fabricante do F-35, quando questionada sobre o sucedido, redirecionou as perguntas para a  Pratt & Whitney, o fabricante do motor: "Uma inspeção preliminar revelou um módulo fuel-hidraulico (do motor) solto (...), é um componente que nem a versão A ou C possuem. Uma equipa de engenheiros da Pratt & Whitney e da Rolls Royce está a investigar as causas do incidente, juntamente com a Lockheed Martin e o Gabinete do programa JSF" podia ainda ler-se no comunicado.

A versão B do F-35, de descolagem curta e aterragem vertical (STOVL), foi a que desde sempre levantou mais preocupações de ordem técnica, chegando a estar mesmo em risco a sua produção em série, numa fase já bastante avançada do programa. Não está agora ainda claro, até que ponto este último incidente pode ou não acordar fantasmas antigos.

Já durante o fim-de-semana, o Secretário da Defesa americano Leon Panetta, em Londres naquele que deverá ter sido o seu último discurso no cargo, entre outros temas tocou também no programa F-35, apelando ao investimento dos aliados no caça de 5ª geração.


Fonte: Defense News
Adaptação: Pássaro de Ferro




0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>