quinta-feira, 24 de maio de 2012

O FIM DE UMA ERA (M653 - 20AL/2012)

 O Mystère Ouragan, a primeira aeronave no pós 1952 em Cambrai;

A França encerrou, em 30 de Março passado, a lendária Base Aérea de Cambrai-Epinoy que, apara além de ter sido durante muitos anos um bastião da defesa aérea francesa e da NATO, foi uma das bases aéreas mais históricas no que ao "espírito Tigre" diz respeito.
Cambrai-Epinoy está situada a norte de França e teve um papel primordial nas operações aéreas na 2ª guerra mundial, inicialmente aquando da ocupação alemã, que a utilizou para base de onde partia a sua aviação para bombardeamentos e posteriormente, depois de conquistada pelos aliados, usada contra a Alemanha.
Com o fim da segunda grande guerra, o seu potencial estratégico é aproveitado e em 1952, é totalmente remodelada pela NATO para os padrões da altura, estabelecendo-se como uma das mais importantes bases aéreas francesas e da NATO, papel que foi amplamente reforçado ao longo dos anos que durou a "guerra fria".

 Seguiu-se o Mystère IV;

Durante estes 60 anos, muitas aeronaves passaram por aquela base e das da "casa", digamos, vários nomes pontificaram como por exemplo: Mystère IV, Super Mystère B2, Mirage F-1C, até aos Mirage 2000C que inscreveram o seu nome como os porta-estandarte do fim de uma era.
Portanto, a marcha da história tratou de colocar um ponto final nesta como noutras bases aéreas não só na França, como em outros países, como por exemplo os próprios Estados Unidos.

 O Super Mystère B2;

O fim da ameaça de Leste e a dissolução do "inimigo" acabou por levar a profundas reformulações nas armas aéreas facto que, aliado às crescentes restrições orçamentais (auto)-impostas pelos/aos estados acabou, de uma forma algo "fatal", digamos, por redesenhar não só o posicionamento estratégico externo como organizacional e interno desses mesmos estados.
A Base Aérea de Cambrai-Epinoy, a BA 103 é, portanto, uma das faces mais visíveis desta nova realidade.

 Aqui o imponente, elegante e belíssimo Mirage F-1C;

Esta base aérea ficará na história da aviação militar mundial por muitas razões. Para nós, portugueses, permanecerá na memória pela participação da Esquadra 301- Jaguares em alguns "Nato Tiger Meet" por lá realizados, com destaque evidente para o último, o de 2011, onde os Jaguares e os F-16 nacionais conquistaram brilhantemente o Troféu Silver Tiger.

O Mirage 200C, sendo que esta formação é liderada por um dos aparelhos pintado especialmente para comemorar o encerramento da base,

Colocado o ponto final nesta história, os livros de História da Aviação, mas não só, tratarão de a perpetuar para todos os que gostam de aviões e de certa forma, dos seus "templos sagrados" como era, definitivamente, Cambra-Epinoy!

Um Rafale foi também pintado para comemorar o fecho de Cambrai-Epinoy.

Cambrai-Epinoy - 1952/2012

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>