terça-feira, 18 de janeiro de 2011

SEMPRE O A-7P (M461-3AL/2011) (Adendado)

O Pássaro de Ferro apresenta mais algumas fotografias do A-7P, sobre o qual já muito se disse neste espaço.
Ficam as imagens que recordam um avião que fez o seu caminho na nossa Força Aérea e que marcou muitos dos que com ele trabalharam e conviveram.
Algumas fotografias são conhecidas, outras não e (cinco delas) são colecção de Carlos Costa, um modelista e entusiasta da aviação militar e, mais uma vez, duas do Paulo Moreno. Não há referência aos autores  das fotos, por tal não ser conhecido dos coleccionadores.
A qualidade das fotos, revela o peso dos anos e a limitação dos meios de captação de imagens então existentes. Também por isso se tornam mais belas e nostálgicas! 

 Formação de A-7P sobrevoando a costa portuguesa.

 A-7P s/n 5538. Notar a numeração ainda do tipo "arredondado". Este avião viria a manter sempre este esquema original com que chegou à FAP, não tendo sido nele feitas as alterações ao stencelling nem, lá está, ao número de cauda. Foi declarado como não operacional, definitivamente, em 13 de Fevereiro de 1990, com pouco mais de 576 horas de voo com as cores nacionais, depois de ter chegado em 31 de Julho de 1985, com mais de 3200 horas de voo sob a bandeira Norte-Americana.


Duas imagens do TA-7C que durante algum tempo foi cedido à FA para treino e conversão de pilotos, enquanto não chegaram os seis bilugares TA-7P. Este avião ficou para sempre conhecido como o "Pomba Branca".

 Imagem do HUD de um A-7P, taxiando algures em Monte Real.
 Uma perspectiva interessante, justamente a do piloto da aeronave...

 Imagem de um dos primeiros A-7P a chegar a Monte Real, em 24 de Dezembro de 1981.

Um A-7P, na "Linha da Frente", pronto para uma missão, revelando a estrutura que permite ao piloto como que "trepar" para os comandos da aeronave.

2 Comentários:

Anónimo disse...

Mais um belo registo e contributo para a história do nosso A-7P!
Ass: 5513

Mig disse...

Deixo aqui uma pequena nota; fui o controlador da FAP que estava de Serviço no RAPCON da Base Aérea nº4, Lajs que recebeu os primeiros A7-P (incluindo o de T de treino) em solo nacional a 23-Dez-81.
Depois de os "passar" para a TWR ainda consegui sair a tempo do RAPCON fotogragar o ultimo a aterrar.

http://farm4.staticflickr.com/3212/2518835744_c1121dab95.jpg


Em 1981 foram pela primeira vez integrados 3 controladores Portugueses nas equipas USAF que operavam no RAPCON - éramos do ultimo curso de OPCAD. Colocados 1 por equipa, fomos os primeiros a obter as certificações em RAPCON e PAR (com grande mérito) o que, felizmente permitiu que outros se seguissem e assim ocupar mais uma área que até aí era somente acedida aos elementos da USAFE.

Miguel "Papa Tango"

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>