sábado, 4 de outubro de 2008

VOAR NUM DIA PERFEITO

Serra do Açor - Foto: (c) A. Luís

F-16A - Foto: Luigino Caliaro

Dou aulas numa escola com vista para as Serras do Açor e da Estrela.
É um privilégio estar no sopé da primeira serra que, não sendo muito alta, tem um encanto estranhamente fascinante.
Ontem, sexta-feira, esteve um dia absolutamente notável em termos de visibilidade. Um vento de Norte moderado a forte limpou a atmosfera de tal modo que as coisas se revelavam de uma nitidez invulgar.
A dada altura, um F-16 rasgou o céu, rumo à montanha.
Ao vê-lo, fui tomado de assalto por uma inveja que não soube conter. É até provável que conheça o piloto que voava aquele aparelho. Tenho a sorte de conhecer muitos dos que voam o Viper.
Mas o meu sentimento foi apenas relativo à possibilidade que estes homens têm de contemplar a natureza de um modo vedado ao comum mortal. Num dia como o de ontem, voar sobre as montanhas ou simplesmente voar, deverá ser (porque apenas imagino) o mais fascinante dos exercícios, qualquer coisa que nos faça esquecer as complicações que os pés assentes na Terra nos proporcionam a cada momento.
Por todas as razões, estas e outras que me escapam, ontem terá sido um dia perfeito para voar!

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>