domingo, 26 de agosto de 2018

ESQUEMA DE PINTURA DOS KOALA DA FAP (M1992 - 52/2018)

Ilustração do esquema de pintura a aplicar na frota Leonardo AW119Kx Koala da FAP

O Pássaro de Ferro recebeu as ilustrações que aqui apresentamos, com o esquema de pintura a aplicar alegadamente nos novos helicópteros ligeiros AW119Kx Koala, adquiridos pelo Estado Português, para substituir os lendários Alouette III, na Força Aérea Portuguesa (FAP).

Pela análise das ilustrações, podem verificar-se vários pormenores que irão romper com o que tem sido a camuflagem das aeronaves de asas rotativas da FAP desde o início da década de 1980.
A cor principal seguirá assim a tendência de todas as outras frotas no tom do cinza anti-radiação da NATO, abandonando por isso o camuflado em dois tons de verde, castanho e cinza claro nas superfícies inferiores, dos actuais Merlin e Alouette III.



Os cinco Koala para já adquiridos à Leonardo, serão dedicados primariamente à instrução, com funções secundárias na busca e salvamento e apoio ao combate a incêndios, razões que justificam as áreas pintadas em day-glo vermelho/laranja escuro. Na realidade, o esquema parece seguir o mesmo padrão da frota de instrução de asas fixas TB-30 Epsilon, que usa esta mesma combinação de cores.

A confirmarem-se todos os detalhes das ilustrações, os helicópteros passarão a envergar também "FORÇA AÉREA PORTUGUESA" na fuselagem, à semelhança dos aviões de transporte e vigilância marítima, da Arma Aérea nacional.


Apesar da lógica sugerir que a nova frota prosseguisse as matrículas da FAP em 1970x, as ilustrações mostram que um novo sistema de matrículas deverá será inaugurado, ao iniciar com o dígito "2", por oposição às iniciadas em "1", desde a actualização do sistema em 1993.

As primeiras duas unidades do AW119 Koala deverão chegar a Portugal em meados de Dezembro de 2018.



2 Comentários:

Marco Martinho disse...

O que chamam de day-glo vermelho não é mais que um laranja escuro, tal como é aplicado nos Epsilon TB-30. Lembro que este esquema com as extremidades das aeronaves a laranja escuro é uma tradição da FAP em praticamente todas as aeronaves de instrução, das atuais apenas o Chipmunk MK20 (remotorizado) não tem o laranja, possuindo umas faixas amarelas. Quer o TB-30 quer o ASK-21 têm esse padrão, extremidades em laranja escuro.
O cinza não é anti-radiação, o tom é igual mas a tinta em si é completamente diferente, mais uma vez, tal como no TB-30 a tinta é uma tinta normal de aplicação aeronáutica e com o tom aprovado.

Paulo Mata disse...

Gratos pela contribuição.Cumps.

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>