quinta-feira, 16 de março de 2017

F-16BM DE REGRESSO AOS CÉUS APÓS ACIDENTE DE 2013 (M1879 - 16/2017)

15119 fotografado na BA5 a 13/3/2017 numa visita de estudo proporcionada pelo Instituto de Defesa Nacional        Foto: IDN


O F-16BM da FAP numero de cauda 15119, que sofreu um acidente na aterragem, a 23 de Janeiro de 2013, foi observado de novo operacional em Monte Real.

Os trabalhos de reparação dos danos causados pela aterragem dura na pista da BA5 há quatro anos atrás, foram finalmente concluídos, regressando por isso este F-16 bilugar ao serviço das Esquadras 201 e 301.

De notar que a FAP chegou a possuir um total de sete F-16 bilugares (n/c 15118 a 20 e 15137 a 40). O 15140 contudo, não chegaria a envergar as cores da nacionais, devido a acidente com perda total a 28 de Janeiro de 2008. Ja as células n/c 15137 a 39, seriam incluídas no contrato de venda com a Roménia. 

Com a inactivação temporária decorrente do acidente do 15119, significou que a FAP apenas pode contar com duas células bilugares, para o curso de adaptação de pilotos ao F-16, desde a alienação das aeronaves romenas.

O regresso do 15119 é por isso, sem duvida, uma boa noticia para os lados de Monte Real.
É igualmente sinonimo da capacidade técnica nacional, pela recuperação de mais uma aeronave acidentada, à semelhança do que sucedeu com o 15133.

A titulo de curiosidade, o 15119 encontra-se a voar no momento em que escrevemos este artigo, tal como é possível observar no Flight Radar:







0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>