segunda-feira, 21 de abril de 2014

RUSSIA ENCOMENDA MIG-29SMT (M1546 - 131PM/2014)

MiG-29SMT em Zhukovsky, Moscovo

O Ministério da Defesa Russo anunciou a 15 de abril a assinatura dum contrato com a Russian Aircraft Corporation MiG (RAC MiG) para a aquisição de um lote de 16 MiG-29SMT.
O contrato orçado em 17.000M RUB (cerca de 340M EUR), que inclui equipamento de apoio e teste, prevê a entrega das aeronaves no ano de 2016.

A encomenda foi primeiramente sugerida em agosto de 2013, pelo vice ministro da Defesa Yuri Borisov, para fazer face à falta de encomendas para o mais recente MiG-35. Os MiG-29 SMT permitirão assim manter a força de caças leves modernizada, até à entrada em serviço do MiG-35.
Segundo declaração de Borisov, "a encomenda (de 16 MiG-29SMT) permitirá à companhia (RAC MiG) olhar para o futuro e será um bom ponto de partida para a produção de novos aviões, como o MiG-35S".

De acordo com a United Aircraft Corporation, companhia que integra a RAC MiG, encomendas do MiG-35 para a Força Aérea Russa são esperadas para 2016. A empresa conta que cerca de 100 MiG-35S sejam requisitados "a breve prazo".

Apesar do MiG-29SMT estar em uso atualmente na Força Aérea Russa, esta é a primeira encomenda da Rússia. 28 MiG-29SMT foram entregues entre 2009 e 2010, mas trata-se de aeronaves encomendadas inicialmente pela Argélia, que ao não serem entregues, acabariam por ser adicionadas ao inventário russo.

A diferença externa mais visível do MiG-29SMT relativamente a versões anteriores, é o tanque de combustível situado atrás do cockpit, que permite duplicar o raio de ação do aparelho em configuração de defesa aérea (1550 km/936 milhas). Internamente, as melhorias são também significativas, com melhoramento de sistemas e instrumentos de voo, radar modernizado, motores melhorados, sistemas de navegação e panóplia de armamento alargada. Pode desempenhar tanto missões ar-ar, como ar-superfície (terra e mar). A sua eficácia de combate é descrita como sendo três vezes superior aos modelos MiG-29 standard, com uma diminuição dos custos operacionais em 40%.
A célula base é contudo a original do MiG-29 e não a mais recente e leve do MiG-29M, pelo que a versão SMT tem sido oferecida como um pacote de modernização para as versões antigas de MiG-29 em operação. 
Ainda assim, a encomenda agora feita pela FA Russa, tem sido descrita como sendo para aeronaves novas de raiz.


0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>