segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

TYPHOON ITALIANOS INTERCETARAM AVIÃO DA ETHIOPIAN SEQUESTRADO (M1429 - 47PM/2014)

Um dos Typhoon italianos da parelha de alerta em Gioia del Colle     Foto: AM Italiana

Dois caças Eurofighter Typhoon do 36 ° Stormo de Gioia del Colle (BA), descolaram nas primeiras horas da manhã, em modo "scramble", para interceptar um avião sequestrado.
Os intercetores descolaram em poucos minutos, a partir da base aérea da Aeronautica Militare na Apúlia e interceptaram o Boeing 767 da Ethiopian Airlines em voo de Addis Ababa para Roma, desviado para Genebra, tendo-o escoltado até que, no território dos Alpes, o deixaram "entregue" à Defesa Aérea Francesa.

A complexa operação foi realizada sob a direção do Comando de Operações Aéreas (COA) da Força Aérea em Poggio Renatico (FE), que ativou o dispositivo aéreo de busca e salvamento e informou os órgãos de segurança nacional.
Durante o trânsito no espaço aéreo italiano, o voo da Ethiopian nunca mostrou intenções hostis. 

A descolagem para o "scramble" da noite passada    Foto: AM Italiana

"Scramble" é o termo técnico para a descolagem imediata de caças em alerta que, mediante as indicações dos controladores da defesa aérea, investigam aeronaves de modo a verificar a sua identidade e intenção, na salvaguarda da segurança nacional e as linhas de comunicação aérea, num segmento de vital importância para o transporte aéreo civil e comercial, na bacia do Mediterrâneo.

O Chefe do Estado-Maior de Defesa, almirante Luigi Binelli Mantelli, expressou grande satisfação pela eficiência e prontidão demonstrada pela Defesa Força Aérea Air que, nas primeiras horas desta manhã (17/02/2014), levaou dois Eurofighter Typhoon do 36 ° Stormo de Gioia del Colle (BA), a intercetar e escoltar até à transferência dos vizinhos franceses, do 767  sequestrado da Ethiopian Airlines, para Genebra pelo seu próprio copiloto, o que demonstra a eficiência do dispositivo em operação.
Também o ministro da Defesa Mario Mauro expressou a sua " satisfação pela importante e delicada operação"da Força Aérea, que levou dois os dois Typhoon a interceptar o avião de transporte de passageiros civis sequestrado, a maioria deles italianos: " A Força Aérea opera todos os dias, em coordenação com outras agências militares e civis, nacionais e internacionais, para garantir a proteção da segurança nacional e as linhas de comunicação aéreas"- disse o ministro Mauro.

No passado, os intercetores da Força Aérea Italiana já saíram  mais vezes  em "scramble"para intercetar aviões sequestrados, bem como para investigar aeronaves que não atendem aos requisitos pré-estabelecidos, que não tinham a necessária autorização para sobrevoar o espaço aéreo italiano ou divergiram da rota predeterminada sem razões válidas.
A Aeronautica Militare Italiana realiza a vigilância do espaço aéreo italiano, 365 dias por ano, 24 horas sobre 24, com um sistema de defesa integrado composto por sensores de radar, uma central de comando e controlo e unidades operacionais de defesa aérea em Grosseto, Gioia del Colle e Trapani.
os caças da Força Aérea também operam sob comando e controlo da NATO, em estreita colaboração com a Defesa Aérea dos países vizinhos.

O Departamento de Defesa Aérea da Força Aérea  está equipado com caças Eurofighter Typhoon que estão distribuídos por todo o país: o 4 ° Stormo em Grosseto (GR), o 36 ° Stormo em Gioia del Colle (BA), bem como, para dar suporte e back-up, os 4 º , 36 º e o 37 º Stormo de Trapani.


Fonte: Aeronautica Militare Italiana
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>