terça-feira, 7 de janeiro de 2014

KAMOV KA-32 NO RESGATE ANTÁRTICO (M1367 - 04PM/2014)

O Kamov Ka-32 do resgate na Antártida     Foto: Russian Helicopters

As imagens do resgate dos passageiros do navio de investigação Akademik Shokalskiy, aprisionado no gelo antártico correram mundo na passada semana.

A operação contou com a participação de um Kamov Ka-32A11BC fabricado pela Russian Helicopters, que se congratulou com o feito, em comunicado divulgado.

O Ka-32 baseado no quebra-gelo chinês Xue Long levou a cabo com sucesso a operação de resgate dos passageiros a 2 de janeiro de 2014, a partir do navio preso no gelo a cerca de 1500 milhas a sul da Austrália.

Os helicópteros de construção russa, incluindo Ka-32 e a série Mi-8/17 são intensamente utilizados nos ambientes ártico e antártico, voando a partir de terra ou de embarcações, para abastecimento de mantimentos, transporte de carga, passageiros e busca e salvamento. Em locais remotos com condições climatéricas extremas, os helicópteros são o melhor e mais eficiente meio de transporte. 
Segundo a Russian Helicopters, os Ka-32 e Mi-8/17 podem operar em temperaturas tão baixas como 50º negativos. Podem ficar no exterior sem abrigo e ganharam já reputação de serem altamente fiáveis, eficientes e seguros.

Dois quebra-gelos - o chinês Xue Long e o australiano Aurora Australis - tentaram sem sucesso chegar ao Akademik Shokalskiy, após o que, foi decidido evacuar os passageiros. O Ka-32A11BC operado pela Chinese State Oceanic Administration, baseado no Xue Long foi por isso deslocado para a ajuda.

O Ka-32 efetuou cinco voos para evacuar o grupo de passageiros e fez ainda duas viagens adicionais para transportar as bagagens dos mesmos, além de algum equipamento da expedição, para o navio Aurora Australis. No total 52 pessoas foram resgatadas, incluindo turistas e cientistas, numa operação que durou cerca de quatro horas e meia. A tripulação constituída por 22 elementos ficou a bordo do Akademik Shokalskiy, com mantimentos suficientes para aguentar o tempo restante de aprisionamento do navio no gelo.

O Kamov Ka-32A11BC foi desenvolvido a partir do Ka-27PS de operação naval e herdou segundo a Russian Helicopters "as melhores características do seu predecessor". Pode operar com eficiência a baixas temperaturas e elevada humidade, sendo altamente resistente aos efeitos agressivos do ambiente marítimo. As suas capacidades permitem-lhe voar missões em ambiente de grande turbulência e ventos tempestuosos. Possui alta precisão em voo estacionário e manobrabilidade, garantidos pelos seus rotores co-axiais, para além de poder aterrar em espaços muito confinados, uma característica sempre importante em ambiente naval.

O Kamov Ka-32A11BC está em uso com reconhecido sucesso em mais de 20 países, incluindo em Portugal, na Proteção Civil.

Fonte: Russian Helicopters
Tradução e adaptação: Pássaro de Ferro





0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>