domingo, 22 de dezembro de 2013

Nos 50 anos do Alouette III (M1341 - 08JM/2013)


O primeiro aspecto a assinalar no livro dos 50 anos do Alouette III na Força Aérea Portuguesa é que se trata de uma obra pioneira sobre este helicóptero de origem francesa. Mesmo em francês não existe praticamente nada sobre o Alouette III, a não ser o livro do Rémy Michelin (Le Chant de l’Alouette) sobre os Alouette III da protecção civil francesa.

Os autores tinham obviamente uma tarefa difícil pela frente, pois falar de um helicóptero que está há 50 anos ao serviço da FAP, não era um trabalho fácil, devido à longa história deste aparelho. Para isso usaram fontes já publicadas e também vários testemunhos pessoais, que enriqueceram a história presente no livro, conseguindo reconstruir a história do Alouette III desde 1963 até à actualidade. É notável que um helicóptero tão antigo tenha prestado um serviço tão longo na FAP e ainda esteja em serviço, embora a sua substituição seja necessária dentro de poucos anos. Em 2018 perderão o seu certificado de aeronavegabilidade e aí terão que ser substituídos.

A obra agora lançada pela editora Contra a Corrente aborda não só a história do Alouette na FAP, como também aspectos da sua operação e manutenção, desconhecidos do grande público. O livro começa com a história inicial do Alouette passando depois para a guerra de África, um tema a que dedica 45 páginas com texto e fotos históricas muito interessantes. Igualmente interessante é a abordagem que faz ao período pós-guerra, nomeadamente o destacamento em Timor-Leste ao serviço da ONU. Ficamos assim a conhecer outras missões do Alouette III em tempos mais recentes.

Em suma, posso dizer que estamos perante um excelente livro de divulgação com fotografias de grande qualidade e que permite conhecer a longa história dos nossos Alouette III, que tantos serviços prestaram em África e não só. Digamos que este peso-leve francês já merecia um livro assim.

Não encontrei também erros significativos no texto, mas detectei um na pág. 30, quando se diz que foram encomendados inicialmente 80 aparelhos aos franceses. Na verdade a primeira encomenda é de apenas 15 aparelhos.

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>