quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

FRANÇA VAI FICAR SEM PORTA-AVIÕES (M1307 - 374PM/2013)

Porta-aviões Charles De Gaulle


A França vai ficar sem o seu único porta-aviões (Charles de Gaulle) a partir de setembro de 2016 e durante 18 meses.
O navio será enviado para uma reforma geral, que deverá estar concluída em fevereiro de 2018. A manutenção geral do porta-aviões francês já estava prevista há algum tempo, tendo a última ocorrido em 2008-2009.
O Ministério da Defesa francês pretende gastar com a reparação e modernização do porta-aviões cerca de 1300 M EUR. As reformas incluem a recarga dos reatores nucleares do Charles de Gaulle.

Tal como o Pássaro de Ferro comentou ainda recentemente num artigo sobre os porta-aviões do Reino Unido, para uma Marinha, ter apenas um porta-aviões não garante capacidade constante de projeção de força, em ocasiões como a agora noticiada.

A França teve planos para a construção de um segundo porta-aviões para complementar o Charles De Gaule, mas de propulsão convencional e similar aos da classe britânica Queen Elizabeth. Essa intenção está contudo parada desde 2008, quando o então presidente Nicolas Sarkozy suspendeu o processo.

Fonte: A Voz da Rússia
Adaptação : Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>