sexta-feira, 26 de julho de 2013

CUSTOS DO SISTEMA DE EJEÇÃO DOS ALPHA JET (M1094 - 214PM/2013)

Alpha Jet A da Esquadra 103

A manutenção dos sistemas de ejeção dos aviões de treino Alpha Jet, da Força Aérea Portuguesa, vai custar 1,8 milhões de euros entre 2014 e 2017, refere uma portaria assinada pelos Ministros da Defesa e das Finanças.

O diploma, assinado em abril por Aguiar-Branco, Ministro da Defesa, e Vítor Gaspar, então ainda Ministro de Estado e das Finanças, e publicado em julho em Diário da República, autoriza "a celebração de contratos plurianuais para aquisição de componentes para os sistemas de ejeção das aeronaves, compradas em 1993 à Alemanha".

No total, a Força Aérea gastará 1,8 milhões de euros até 2017 (450 mil euros distribuídos por cada ano) nos Alpha Jet (atualmente menos de uma dezena em operação), que estão integrados na Esquadra 103 e servem para treinar os futuros pilotos dos caças F-16.

A portaria do Governo refere que esta aquisição da Força Aérea visa "assegurar a operacionalidade da frota Alpha Jet" e que "a aquisição, em tempo oportuno, de componentes para os sistemas de ejeção destas aeronaves é indispensável".

De recordar que a frota Alpha Jet ao serviço da Força Aérea Portuguesa, de origem alemã, teve desde sempre problemas logísticos, devido a muitos dos componentes terem apenas um fornecedor possível, o que aumenta invariavelmente os custos. Dentre estes, as cadeiras ejetáveis foram sempre dos mais difíceis de resolver, tendo causado já a paragem da frota.

Quando em 2011 uma proposta sul-coreana, para utilização conjunta da Base Aérea nº11 (instrutores e pilotos portugueses passariam a utilizar os aviões sul-coreanos), com aviões T-50 Golden Eagle, parecia ditar o fim do Alpha Jet e problemas adjacentes, eis que o esfriar do negócio admitido pelo executivo de S.Bento em maio passado, volta a recolocar na linha da frente as questões logísticas e em última análise um sucessor para o avião de treino a partir de 2018.


Fonte: Lusa e outras
Adaptação: Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>