quarta-feira, 14 de novembro de 2012

SUKHOI - PARA A ÍNDIA E EM FORÇA! (M759 - 48AL/2012)

Descolagem de um SU-30MKI. Crédito na foto.
A Índia irá formar, em dezembro, a oitava esquadra de caças Su-30MKI que irá ficar instalada na base aérea de Sirsa no estado de Haryana. Já é a terceira esquadra de Su-30MKI da força aérea indiana a ser instalada nos últimos 14 meses perto da fronteira com o Paquistão.
A esquadra de Su-30MKI de Sirsa será responsável pela defesa do espaço aéreo do norte da Índia e estará incluída na estrutura do Comando Aéreo do Norte do país, com base em Nova Deli, juntamente com outras 15 bases aéreas. 
Em agosto de 2010, a Força Aérea Indiana (FAI) instalou pela primeira vez uma esquadra de Su-30MKI em Tezpur, estado de Assam, no nordeste do país, para contrabalançar a o crescente poderio aéreo da China. Em março do ano passado, igualmente no estado de Assam, foi instalada uma outra esquadra de Su-30MKI na base aérea de Chabua. Também existem esquadras de aviões Sukhoi noutras bases aéreas em zonas fronteiriças da Índia.
Parelha de caças SU-30MKI.
No entanto, a força aérea indiana ainda está longe de completar os seus planos de ter 17 esquadras destes caças até 2018 com um total de 272 aparelhos Su-30MKI, considera, ainda assim, o comando militar da Índia.
A Índia adquiriu os primeiros Su-30 em 1997, recebendo da Rússia 50 aparelhos já prontos. Mais tarde foi assinado um contrato para o fabrico sob licença desses aviões nas fábricas da corporação aeronáutica indiana Hindustan Aeronautics Limited (HAL). 
O Su-30MKI foi desenvolvido para ter em conta as exigências da FA indiana. O avião está equipado com dois motores AL-31FP e o seu radar instalado, garante uma deteção dos alvos a uma distância não inferior a 120-130 km. O caça tem a capacidade para transportar praticamente todo o espectro de armamento aeronáutico, num peso total até oito toneladas. A autonomia de voo sem reabastecimento é de até 3000 km e com um reabastecimento é de até 5200 km.

Panóplia do SU-30. Crédito na foto.
Num futuro próximo, os Su-30MKI serão equipados com mísseis BrahMos. Esses mísseis já equipam as forças terrestres e a marinha de guerra indianas. Os caças Su-30MKI equipados com esses mísseis serão uma arma poderosa da FAI. No futuro ainda está programada a execução do programa do fabrico conjunto de aviões de quinta geração, considera o diretor do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologias Ruslan Pukhov.
Ainda continua, desta forma, a sua estratégia de posicionamento regional, tendo em conta as suas históricas tensões com o vizinho Paquistão, mas também não perdendo de vista a China com quem partilha uma demografia muitíssimo relevante e, por isso, a hegemonia naquela área do globo, tendo em conta as pressões sobre os recursos essenciais à sobrevivência dos estados.

Fonte: Rádio Voz da Rússia/Adaptação Pássaro de Ferro

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>