segunda-feira, 9 de maio de 2011

O NOVO JAGUAR (M500 - 22/AL2011)

Nota prévia: O Pássaro de Ferro atinge, neste momento, as 500 edições desde que foi criado, há quase 5 anos.
Um número só possível porque temos quem nos vê e nos lê, desse lado.
Obrigado a todos.
_____
Muito nos apraz esta edição que retrata o "making of"" do novo Jaguar que, à hora desta edição, estará a descolar rumo a França - Cambrai para participar em mais uma edição do "Nato Tiger Meet".
Um relato, simples e com emoções, escrito na primeira pessoa, pelo autor da pintura, o Miguel Garrana, a quem o Pássaro de Ferro mais uma vez agradece.
_____________________

COMO NASCE UM NOVO "JAGUAR" 

«Que dizes a uma pintura numa deriva para o NTM 2011?

Assim começa mais um sonho. Estávamos no final de Abril e o sonho teria que acontecer a uma velocidade vertiginosa.

Ainda perguntei, “Estão a brincar? Não se fazem brincadeiras destas, a quem sofre com isto…”

… Claro que era a sério, (a “malta, não brinca com estas coisas…)"...


O telemóvel tocou. Acordei do sonho. Estava na hora de pousar tudo e começar a esboçar… as primeiras quatro sugestões surgiram num ápice. Precisamos de aprovar tudo naquela semana e a primeira avaliação não foi nada boa… joguei mais duas hipóteses e já íamos no terceiro dia. Tinha apostado em manter o fundo que era o único elemento que havia sido do agrado de todos. 
Peguei no Patch da Esquadra e lancei-me ao trabalho… estive um dia inteiro de volta das duas derivas, porque na altura ainda tinha dúvidas entre a cor e o lowvis, a verdade é que não fiquei nada feliz com o trabalho final… e mesmo tendo enviado as duas propostas, lancei-me num novo desenho de um Jaguar… o Espírito Tigre é um sentimento complicado… é uma vivência especial e aquilo que havia feito até ali… ainda não preenchia aquilo que eu precisava e que os Pilotos da Esquadra ambicionavam.



O novo Jaguar surgiu e estava depois do esboço a “vectorizar” a ilustração, queria tornar a deriva sóbria, tratava-se de um avião que continuaria envolvido em missões e teríamos que distanciar o trabalho daquilo que era o “Sabre”, que fosse algo presente, mas que a máquina fosse de “guerra”, que fosse possível reconhecer o avião em causa… mas que isso não fosse evidente, quis tornar possível que a deriva continuasse a fazer parte do avião, sem que esta deixasse de ser especial e uma semana e dois dias depois estávamos enfim com o layout final.
Faltava no entanto, as aprovações dos comandos… e… tínhamos apenas uma semana e meia até à partida para Cambrai. Felizmente tudo correu bem e na quinta-feira iniciou-se os trabalhos, com a preparação da deriva (lixar e remover as marcas anteriores, assim como toda a superfície para que no dia seguinte fosse dada a cor base “cinza escuro”), para que quando chegasse a Monte Real eu pudesse iniciar de seguida as aplicações das máscaras.

Todos os detalhes de logística acertados com a eficácia habitual daquela base, eu tinha tinham o “trabalho de casa” feito e iniciei mais uma viagem a Monte Real, de olhos na estrada e pensamentos no ar… felizmente tudo correu sem desvios e concluímos o trabalho no tempo previsto, e, um dia e meio depois o “Jaguar” com a deriva 15106, estava a ser rebocado do K3 para a Bravo 1, onde a EMA iria proceder aos testes necessários para o voo.


Resta-me desejar ao Nuno Triguinho, pintor da Esquadra de Corrosão da BA5, que tem estado sempre a meu lado nestes empreendimentos, um forte abraço e um enorme Obrigado por nunca voltar as costas às horas, e às minhas “vontades”.

Outro aos Jaguares, que em mim tornam a colocar confiança e aos quais desejo toda a excelência no cumprimento das missões que se lhes surgirem.

Bons voos!»
Por: Miguel Garrana Amaral 

6 Voaram em formação:

Anónimo disse...

Olá.

Aproveito para perguntar ao autor se esta foto corresponde a um pormenor desta pintura:

VER FOTO

Em caso afirmativo, se realmente é o que aparenta ser... o Falcão da Esquadra 201. E se assim é, o que faz o símbolo de outra Esquadra "dissimulado" (corrijam-me se estou enganado) nesta pintura?...

Obrigado!

João Santos disse...

Mais um espectacular artigo! Parabéns por ele e pelas 500 edições do Passaro de Ferro.


Abraço
João Santos

Anónimo disse...

Olá!

Que trabalho espectacular.. Parabéns ao autor e ajudantes.

Para o Anónimo de outro Anónimo, aqui que ninguém nos vê. dê uma olhada em www.emfa.pt/www/conteudos/informacaofa/brasoes/popup.php?lang=pt&key=1C35B

Ver historial da BA5 e do "15106". ;)

Miguel disse...

Existem dois tipos de questões às quais normalmente não respondo,..

As que são feitas por pessoas que não lhes conheço o rosto nem o nome... e aquelas que me parecem brincadeiras de mau gosto, provocadas pela quebra de confiança nos outros.

Vou abrir uma excepção, para que gladie de felicidade num profundo silêncio, cobardamente festivo.

O Facto de ali estar não o Falcão da 201, mas o Falcão usado pela esquadra 201 nas suas derivas está relacionado com três situações:

1ª - Como deverá saber o 33 foi o primeiro avião dos Jaguares a ostentar uma pintura Tigre... e tem a curiosidade de os Jaguares haverem participado num NTM com este Falcão na deriva.

2º A minha simpatia por Monte Real, pelos Jaguares e Falcões é de todos conhecida. Os principais responsáveis por isto são os Falcões.

3º Por fim e último... Por causa do Espírito aeronáutico, é um zapping timido, reconheço mas também não queria descaracterizar a lista na totalidade.

Espero que lhes sirvam as explicações e que no mínimo, lhe sirvam para que continue a brincar.

Uma outra coisa que considero que se deverá recordar... no que diz respeito aos F-16, no ínicio todos os Pilotos dos Jaguares passaram pela 201.

Cumprimentos
Miguel Amaral

Speedy disse...

Excelente pintura!!! É sem dúvida a melhor que os Jaguares tiveram pintada na cauda de um F-16. Muitos Parabéns.

Hugo Gaudencio disse...

A imagem do Falcão, por não fazer parte do esquema de pintura autorizado pelos "Jaguares" foi apagado antes da apresentação oficial da aeronave no NTM 2011.

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>