quinta-feira, 9 de setembro de 2010

TA-7P 15545 - PÓLO DO MUSEU DO AR NO AM1 - nova foto (M415-36AL/2010)

 Aspecto do TA-7P s/n 15545 à chegada ao AM1.

O LTV TA-7P Corsair II s/n 15545 está no AM1, desde o passado dia 20 de Abril, onde chegou  com um aspecto algo danificado - conforme atestam as fotos - sem as asas, lemes de profundidade e motor.

 As asas que viriam a ser montadas no avião.
 
Uma vez decidida a recuperação da aeronave para acervo do Museu, a  equipa de manutenção da BA5 procedeu à instalação das asas e dos lemes de profundidade e no dia 23 de Abril, ainda sem o motor, o  antigo caça-bombardeiro de treino da versão monolugar A-7P, com a matrícula FAP 15545 foi transferido do Hangar Sul para o Hangar Norte, sua morada definitiva.

Chegada do avião ao Hangar Norte, a sua morada definitiva.

Os trabalhos seguintes tiveram como objectivo a limpeza do interior do cockpit e a remoção de todos os painéis laterais, para limpeza e verificação dos respectivos interiores.


Duas fotos que atestam já, o antes e o depois do painel principal do avião.

A equipa da BA5 regressou novamente ao AM1 no início de Maio, para proceder à montagem do motor, digamos que uma das peças-chave da dignificação definitiva do aparelho!

 Motor Pratt & Whitney TF-30 P-408 que equipa a aeronave.

 Aspecto de um dos painéis laterais já intervencionados.

Entretanto, com enorme e reconhecida mestria, foram construidas réplicas dos manches do avião para que assim o aspecto interior na aeronave mantivesse a sua "traça original".

Réplica do Manche, efectuada de modo notável.

Por seu turno, a equipa que está a recuperar o avião espera poder conseguir  restaurar um circuito eléctrico que possibilite que, na sua exposição definitiva ao público, o TA-7P apresente as suas luzes de presença em funcionamento.

Estacionamento da aeronave, no centro do Hangar Norte, a sua definitiva casa, notando-se já os efeitos do "preparado de vaselina" na sua pintura.

Os últimos trabalhos nesta aeronave foram realizados no início de Julho, com a aplicação de um preparado à base de vaselina na parte da frente do Corsair, que permitiu reavivar a pintura, conforme as fotos já atestam.
Entretanto, a recuperação desta aeronave foi suspensa devido à transferência da prioridade para a recuperação de um AL-III.

 O 5545 fotografado em 10 de Agosto pelo Pássaro de Ferro.
-
O Pássaro de Ferro agradece à equipa do GAMA - Grupo de Amigos do Museu do Ar, -a cedência das fotografias e a colaboração na elaboração desta reportagem e demais esclarecimentos sobre a matéria em apreço e também pelos dados fornecidos relativamente a alguns procedimentos técnicos já efectuados e a efectuar
Pessoalmente, é um prazer enorme poder voltar a ver o TA-7P 15545, recuperado e  digno de vir a estar na Linha da Frente das peças de Museu do Pólo do Museu do Ar no AM-1 de Maceda.
-
UM POUCO DA HISTÓRIA DO TA-7P 15545

O LTV TA-7P Corsair II s/n 15545, tem o BuAer USA 153201, chegou à BA5 no dia 16 de Junho de 1985, fazendo parte de um lote de seis aeronaves bilugares, para treino avançado e conversão de pilotos, ainda que fosse capaz de executar praticamente todas as missões operacionais incumbidas a este tipo de aeronave, excepção feita ao uso do canhão que, na verdade, não possuía.
O avião foi recebido com 3703.21 horas de voo efectuadas, tendo voado em Portugal, ao serviço das Esquadra 302 e 304, 1549.25 horas.
O 5545 fotografado na Bravo 1 da Base Aérea de Monte Real, em meados de 1987, ainda com as marcas e pinturas com que foi recebido pela Força Aérea. Crédito na foto.


5545 também na placa Bravo 1 em 29 de Abril de 1991 já com nova pintura

 O 5545 fotografado na base Aérea Holandesa de Leeuwarden, em Junho de 1994. 
Crédito na foto.

O TA-7P 5545, fotografado no início da década de 90, rolando no regresso de uma missão, na BA5.  Foto de autor desconhecido.

No dia 7 de Março de 1995, foi declarado o fim de potencial da aeronave, sendo colocada posteriormente no Depósito Geral de Material da Força Aérea, em Alverca.

1 Comentários:

Kyriu disse...

Excelentes noticias!

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>