quinta-feira, 2 de setembro de 2010

MUSEU DO AR- PÓLO DO AM1-MACEDA (M413-35AL/2010)

O Pássaro de Ferro teve a oportunidade de, durante as férias do seu "Comandante",  visitar o Pólo do Museu do Ar, no Aeródromo de Manobra nº1 em Maceda-Ovar.
A deslocação teve dois objectivos principais.
Ao primeiro deles se presta, de seguida, relatório e contas.
Falando na primeira pessoa, gosto de Museus. A históra dentro deles enche colunas de respeito e transporta-nos para outros tempos, assim nos deixemos envolver na viagem pelo tempo.
Percorrendo a sala, podemos admirar fotografias, miniaturas, documentos vários, instrumentos, armamento, motores e, no centro, "uma Piper", recuperada com invulgar mestria e dedicação pela equipa do museu. Um trabalho absolutamente notável que se estende, de resto, a todo o museu e que prova, sem dúvida, que a paixão pelos aviões é algo que se consubstancia em vários níveis, neste caso, na preservação da memória colectiva de todos os que respiram os aviões pelos poros ou que, simplesmente, os admiram, seja sob que ponto de vista for.
Olhando-a "a Piper", somos automaticamente transportados para outros voos, noutras épocas, onde o espírito do voo ainda inebriava com uma aura de "precariedade" os aviadores e os transportados. O seu aspecto leve e quase frágil, faz-nos perceber como, na realidade, é "simples" voar.
No Hangar, pontificam algumas aeronaves da FAP: T-37, Fiat G-91, T-38, Aviocar, FTB-337G  Alfa Jet, claro, o TA-7P 15545.
Sobre esta aeronave e sobre o trabalho que nela está a ser efectuado, bem como num AL-III, darei aqui conta, a breve trecho, encorpando então o segundo objectivo da deslocação.
No fim da visita, fica sempre uma sensação de nostalgia. Tive a sorte de ver praticamente todas aquelas aeronaves em voo, no tempo em que devam a sua dinâmica ao céu.
Como ponto de, digamos, ironia, fica o facto de, três delas, AL-III, Alfa Jet e Aviocar, ainda voarem sob a Cruz de Cristo, cumprindo diariamente as suas missões.
Segue uma selecção de imagens.








1 Voaram em formação:

Anónimo disse...

Brilhante, como sempre, caro Mestre!
Eu de facto, e como se sabe, sou um dos visitantes assíduos (não como gostaria) de museus e outros locais onde podemos encontrar a aeronaves que vão do operacional a ... nem por isso ...
Sobre Ovar, é um local em continuada evolução e crescimento, sendo espectáveis novas adições, eventualmente ainda este ano.

Sobre a Piper, relembro aqui o meu post em... http://bu153188.blogspot.com/2010/07/piper-super-cub.html

Quanto ao acesso: basta pedir na Porta de Armas para ir visitar o Pólo do Museu. Querem mais simples que isto?

5513

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>