domingo, 29 de agosto de 2010

OS T'S (M412-34/AL2010)

Uma vez mais o Pássaro de Ferro orgulha-se de apresentar aos seus leitores e seguidores, algumas fotografias inéditas que, pelo seu teor, descrevem sem necessidade de grandes delongas, uma importante parte da história da Força Aérea Portuguesa.
São fotografias obtidas durante o ano de 1991, na Base Aérea nº 5, em Monte Real - a "casa" dos jactos  -, pelo Paulo Moreno.
Este conjunto de imagens mostra-nos os 3 aviões que, durante vários anos, foram  uma espécie de "escola alada" para muitas gerações de pilotos de combate em Portugal, alguns deles que vieram a  ser combatentes efectivos nas campanhas ultramarinas.
A começar, o T-33, uma velha glória da aviação mundial - o T-Bird - como ficou conhecido, foi um avião que serviu com brio e muita eficácia a FAP, desde as missões de treino puro e simples, a avião de reconhecimento fotográfico.






O T-37, quanto mais não fosse por ter sido o avião que a mítica patrulha acrobática "Asas de Portugal" usou para revelar ao mundo que, em Portugal, a bravura e a mestria dos pilotos era tão ou mais apurada do que os eus congéneres habituados a voar mais sofisticados aparelhos.
 Nesta foto pode ver-se um pequeno cão. Não é um intruso ou um canídeo admirador de aviões... Trata-se da então a "mascote" dos Bombeiros da BA5.



O T-38, o avião de treino avançado da Força Aérea, supersónico, a última fronteira  antes de chegar a piloto de combate, fosse em Fiat G-91 ou no A-7P.





Qualquer destes "T's", pela sua história e pela sua presença bela, vale muito mais do que o que se possa escrever sobre eles.

1 Voaram em formação:

Rafael disse...

Fotos excelentes e exclusivas! Parabéns ao Pássaro de Ferro e seus colaboradores pelo excelente trabalho como sempre.
Já agora, desculpem-me se isto vos parecer ridículo, mas a FAP podia investir em aviões um pouco mais antigos, e voltar a colocá-los no activo ao serviço da Força Aérea Portuguesa, como por exemplo o T-33, o T-38 e se calhar o A-7, pois poderia seguir os exemplos da FA da Bolívia, Americana e Grega, que têm os T-33, T-38 e A-7 (respectivamente) ainda no activo.

Cumprimentos, Rafael (Aero Asas)

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>