segunda-feira, 16 de junho de 2008

FAP NOS AÇORES

Acho uma excelente ideia comemorar o 56º aniversário da Força Aérea Portuguesa nos Açores.
Este arquipélago tem uma enorme e rica tradição na história da aviação militar em Portugal, que estava na altura de reconhecer.
A Base Aérea das Lajes, tanto no seu lado Português como no Norte-Americano é de uma riqueza ímpar no que toca a memórias de aviões.
Pode questionar-se que serão comemorações para pouco mais de 250 mil habitantes, mas isso nem sequer é justo. Os açoreanos são portugueses de pleno direito e merecem-no!
O Ultra-perifierismo açoreano, ditado pela natureza, só justifica esta decisão. E os aviões, cruzando o grande céu açoreano, só ganharão mais brilho e honra!
Os aviões fazem parte do dia-adia açoreano, seja nas missões de salvamenteo no seu mar imenso, seja na guarada da nossa ienorme fatia de oceano atlântico.
Puma, Fiat G-91, Aviocar, Merlin são (alguns) nomes de "pássaros de ferro" que guardaram e guardam as 9 ilhas e o mar de baleias e mil riquezas.
Assim, é de todo justo este "presente" que a FAP vai dar aos açoreanos, a possibilidade de contactarem com os aviões, de os verem e ouvirem em acção, no céu, nas pistas ou parados nas placas para poderem ser tocados.
Bem hajam!

0 Voaram em formação:

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>