segunda-feira, 31 de março de 2008

Ainda o F-16

Há realmente qualquer coisa de fascinante numa máquina como um F-16. Sabemos que é uma máquina preparada para matar, para semear destruição, para abater outras que voam. Mas, mesmo assim, invejamos o seu voo. A sua forma afiada. A sua potência, o seu ronco nos céus. Porque o que fascina realmente é a sua capacidade de voar, de conquistar o céu azul. Lá em cima, onde o ar é rarefeito, onde só uma máquina destas consegue reinar. E agora que olho para as fotos do Paulo Mata penso nisso. Que ali dentro daquela toca, há um matador à espera da hora certa para matar.

1 Comentários:

kleber disse...

Realmente, aviões de combate são máquinas muito belas, a despeito de sua missão não muito bela.

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>