domingo, 8 de janeiro de 2012

ESPECIAL SQUADRON EXCHANGE A-7P (M582 - 2AL/2012)

O Pássaro de Ferro publica hoje uma série de fotografias da saudosa frota de A-7P/TA-7P Corsair II que operou durante 18 anos (1981-1999)  a partir de Base Aérea º5, em Monte Real.
Estas aeronaves voaram praticamente 64 mil horas ao serviço da Força Aérea Portuguesa e durante anos levaram a diversos locais da Europa a proficiência dos pilotos nacionais que com menores recursos chegavam sempre onde outros utilizando aeronaves mais capazes e sofisticadas chegavam, sendo que não raras vezes, os nossos pilotos chegavam em primeiro e com a missão cumprida.
Estas fotografias, cedidas pelo Paulo Moreno, reportam-se à chegada de quatro aeronaves da Esquadra 304 - Magníficos (5547, 5534, 5527 e uma quarta que as fotos não permitem aquilatar), que participaram num Squadron Exchange na Alemanha, na Base Aérea de Memmingen, algures no início de Julho de 1991, no sul daquele país, não muito longe de Munique.
Os aviões chegaram com marcas visíveis, pintadas em diversas zonas da fuselagem.
Os Squadron Exchange são, para além de exercícios conjuntos entre diferentes aeronaves, executando diversas tipologias de missões e em cenários diferentes dos habituais, oportunidades para trocas de experiências entre pilotos, mecânicos e restante pessoal de apoio. 
Há, como é evidente, alturas de convívio entre o pessoal e a tradição não raras vezes faz com que as aeronaves envolvidas sejam tornadas cúmplices desse convívio, ostentando evidentes marcas que espelham tudo isso.
Estas fotos aqui publicadas demonstram esse espírito!




Nos convívios entre o pessoal das esquadras, os alemães trataram de marcar os nossos aviões com referências à sua afamada "indústria cervejeira..."







3 Comentários:

Manuel Victor disse...

uma espécie de cachalote com asas .. em 1982 dos que chegaram não voava nenhum,aliás, tinham a estranha capacidade de avariar parados...e depois, as vítimas.

António "Sniper" Luís disse...

Caro Manuel Victor!
Os tempos eram outros e felizmente que a frota A-7P não inscreveu só desgraças na sua história.
Não tomemos a nuvem por Juno.
O A-7P foi um avião controverso e que, melhor ou pior, marcou várias gerações de pilotos e pessoas que com ele trabalharam ou simplesmente o viam em voo, como foi o meu caso.
Guardamos as boas memórias com respeito total pelas menos boas!

Spotter13 disse...

Fantásticas fotografias!

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>