sábado, 3 de dezembro de 2011

A tropa do meu tempo

Um dia recebi um postal dos Correios a mandar-me apresentar num quartel para ser incorporado. E há 20 anos lá fui para o exército com o cabelo já cortado para poupar trabalho ao barbeiro e transformar-me em soldado. E lá andei 12 semanas em instrução e depois mais 4 meses de tropa até fazer o espólio. Foram 7 meses que duraram uma eternidade. Aprendi alguma coisa por lá, mas nada que importe recordar.

1 Voaram em formação:

Corsário de Segunda disse...

Eh eh eh ... pois ... eu a primeira coisa que fiz quando vi as listas de incorporação para a "tropa" foi fugir...
Lá dizia (salvo erro):
18 Maio 1987 - Reg. Engenharia de Espinho

...eu mudei a minha realidade para;

11 Maio 1987 - Base Aérea nº3, Tancos ... e fiquei na FAP por 3 anos ...

Ao tempo não o sabia, mas se calhar era mesmo o medo de não ter histórias para contar!

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>