sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

COIMBRA, 1988


Parelha A-7P em Alconbury - UK, anos 90 - Foto: Gary Stocle

As comemorações dos 36 anos da FAP ocorreram aqui em Coimbra, culminando num festival aéreo no Aeródromo de Cernache, nos arredores da cidade.
Foram 10 dias intensos em que perdi a conta às vezes que visitei a exposição, que tinha as atracções do costume, incluindo um Fiat G-91 e um AL-III ao vivo e a cores.
Mas o festival era o prato mais apetecido.
Desgraçadamente, reinava em mim grande apreensão, pois sabia que a estrela principal, o "meu" A-7P poderia falhar, já que um ou dois meses antes, a frota de A-7P chegou a estar parada devido a problemas complicados nos motores. Eu sabia disso.
Contudo, no dia do festival, lá apareceram os A-7P, lançando um mass atack à pista do aeródromo e, depois disso, exibições de performance de um T-33, Fiat G-91, entre outros, até que chegou um A-7P, poderoso, que me gelou de emoção, tal era a atitude e a garra da sua exibição.
Se não me engano, estava aos seus comandos, o MAJ PILAV Guerra. Pelo menos, recordo-me de ter ouvido essa menção na aparelhagem sonora instalada junto do público, imenso, que assistia ao festival.
Foi uma exibição a solo. Alguns anos depois, as exibições de A-7P passaram a fazer-se em parelha, como aliás a foto documenta, relativamente a um festival em Alconbury, Inglaterra, no início dos anos 90.

2 Comentários:

pedro disse...

Recentemente descobri este blog e hoje - invadido pela nostalgia - decidi deixar um comentário porque apetece-me dar-lhe os parabéns pela paixão e dedicação que revela. Eu cresci apaixonado pelas passagens e aproximações dos G91 da BA6 e essa paixão mantém-se, pois claro. no Tiger Meet de 87 entre muitas emoções e memórias retenho um mass attack protagonizado pelos A7. experiências sempre únicas! mais uma vez parabéns pelo excelente trabalho de história, dedicação e conhecimento que apresenta aqui.

PagodaTroop disse...

Em 1988, estava eu no final do meu ano de caloiro em Coimbra,e a FAP veio festejar o seu 36º aniversário à cidade. Foram tempos fantásticos e esse festival de Cernache, para um madeirense - que, até aí, raramente tinha visto aviação militar ao vivo - foi algo que ficou gravado na memória. O combat insertion dos C-130 e C-212, a passagem supersónica do T-38 e o mass-attack dos A-7s...inesquecível!

Habituei-me, ao longo dos anos em que vivi em Coimbra, às ocasionais passagens baixas dos SLUFs sobre a cidade. E nunca mais me esqueci do uivo característico daqueles P&Ws...

ARTIGOS MAIS VISUALIZADOS

CRÉDITOS

Os textos publicados no Pássaro de Ferro são da autoria e responsabilidade dos seus autores/colaboradores, salvo indicação em contrário.
Só poderão ser usados mediante autorização expressa dos autores e/ou dos administradores.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>